Governo do Estado divulga 10° Boletim Epidemiológico da Dengue

Publicado em sexta-feira, agosto 9, 2013 ·

 

ricardo dengueNo período de 1º de janeiro a 27 de julho deste ano, foram notificados 10.646 casos suspeitos de dengue na Paraíba, sendo que 3.963 confirmados para Dengue Clássica e 1.491 descartados. Na comparação com o mesmo período do ano de 2012, foi observado um aumento de 16,6% nas notificações. Em contrapartida, o número de óbitos por dengue caiu 20%, com a notificação de oito casos contra 10 registrados em igual período do ano passado.

 CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Além disso, foram notificados um total de 95 casos graves da doença, destes 17 como Febre Hemorrágica da Dengue, quatro casos de Síndrome do Choque da Dengue e 74 como Dengue com Complicações. Os dados constam no 10° Boletim Epidemiológico da Dengue, divulgado ontem pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), segundo o qual o maior número de casos notificados ocorreu nos municípios de João Pessoa (23 casos), Campina Grande (11 casos), Sousa (seis casos), São João do Cariri (três casos) e Santana de Mangueira, Remígio, Itaporanga, Santa Rita e Uiraúna, com dois casos cada um.

De acordo com a gerente executiva de Vigilância em Saúde da SES, Talita Tavares, esse aumento reflete que os profissionais da saúde estão atentos ao agravo e sinalizando a doença por meio das notificações. “Ampliamos em 12% o numero de municípios sinalizando oportunamente a doença para assim melhorarmos as ações necessárias para controle da dengue no Estado. Notificar os casos suspeitos mostra que o município está atento e vigilante, fornecendo informações estratégicas para a organização da assistência, prevenindo, assim, os possíveis óbitos evitáveis”, disse.

Ainda conforme o boletim, além dos oito óbitos por dengue, foram registrados sete óbitos por outras causas e 14 estão em investigação. Esses números são consolidados junto aos municípios e o Sistema Oficial de Notificações (SINAN). “Em relação ao Boletim Epidemiológico anterior, descartamos como causa básica do óbito a dengue em cinco casos que estavam em investigação nos municípios de Mari, Alagoa Grande, João Pessoa, Riachão e Conde. Apenas um óbito que seguia em investigação do município de Santa Rita foi confirmado como a doença. Os 14 demais óbitos seguem em investigação pelos municípios e com apoio da equipe técnica da Vigilância Epidemiológica do Estado”, explicou Talita Tavares.

No mesmo período do ano passado, a Paraíba apresentou 14 óbitos concluídos por outras causas, um em investigação e 10 óbitos para dengue nos municípios de Itabaiana (um óbito), Olho d’água (um óbito), Patos (um óbito) e em João Pessoa (seis óbitos) e Bayeux (um óbito).

Situação Ambiental – O carro fumacê está sendo utilizado em cinco ciclos nos municípios de Campina Grande, Solânea, Santa Terezinha e Itaporanga. “Seguindo os critérios de utilização do carro fumacê, que é nos municípios com alto Índice de Infestação Predial, ocorrência de óbitos e/ou aumento no número de casos notificados no sistema, temos a previsão de iniciarmos os ciclos ainda nesse mês de agosto nos municípios de Prata, Sousa, São Mamede, São João do Cariri e Santana de Mangueira”, completou a gerente de saúde.

A SES, por meio da Área Técnica da Vigilância Ambiental, vem trabalhando junto aos municípios para a consolidação dos dados do 3º Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa) dos municípios, que trará um diagnóstico atualizado da situação do agravo e vai auxiliar no trabalho de campo dos agentes de endemias.

Secom-PB

Comentários

Tags : , , , ,

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627