Goleiro defende 4 pênaltis e coloca Goiás na final da Copa SP

Publicado em quarta-feira, janeiro 23, 2013 ·

Foto: Bruno Santos / Terra
Foto: Bruno Santos / Terra

O Goiás é o primeiro finalista da Copa São Paulo de futebol júnior. Nesta terça-feira, no Estádio Nicolau Alayon, em São Paulo, o time esmeraldino derrotou o Bahia nos pênaltis por 3 a 0, depois de empate por 1 a 1 no tempo regulamentar. O herói do jogo foi o goleiro Paulo Henrique, que defendeu quatro cobranças de pênalti na partida – duas no tempo regulamentar, duas na série decisiva.

Classificado para a decisão, o time goiano – primeiro representante do estado em uma final do torneio – aguarda a definição do outro time na final, que sai do clássico Palmeiras x Santos na outra semifinal. Os rivais paulistas medem forças ainda nesta terça-feira, na Arena Barueri, às 21h. A decisão da competição acontece na sexta-feira.

O Bahia abriu o placar aos 12min do primeiro tempo, em falta cobrada na área que Matheus mandou na trave – na sobra, o próprio atacante mandou para o gol. No entanto, o Goiás quase conseguiu empatar aos 23min, em passe de Liniker que Erick recebeu na área e acertou na trave do goleiro Renan. Exigido, o camisa 1 do Bahia quase levou o gol esmeraldino aos 30min, em rebote que Erick mandou para as redes – a arbitragem, porém, assinalou impedimento.

De tanto insistir, o time goiano finalmente chegou aos 1 a 1, ainda no primeiro tempo: aos 41min, Jarlan cruzou da direita, Maracás não afastou e Erick, enfim, marcou seu oitavo gol na competição. Porém, logo aos 6min do segundo tempo, o Goiás perdeu o zagueiro Yago, que recebeu o segundo cartão amarelo após falta em Ryder. Pior: o mesmo Ryder foi derrubado por Liniker na área aos 17min – pênalti.

Aí, começou a brilhar a estrela de Paulo Henrique. Primeiro, Raylan cobrou no canto direito, e o goleiro defendeu, mas a arbitragem assinalou invasão de área e mandou voltar a cobrança. Aí, Raylan bateu no outro canto e o camisa 1 também defendeu, evitando o segundo gol baiano. Na resposta, aos 31min, Liniker arriscou um chute de longe, que Renan ainda desviou antes que a bola explodisse no travessão.

Na série decisiva, Paulo Henrique voltou a brilhar. O Bahia abriu a série, mas o goleiro defendeu as cobranças de Caio César e Ryder – do lado goiano, Liniker e André Júnior marcaram. Na terceira série de cobranças, Zé Roberto bateu no travessão e Murilo converteu, assegurando a classificação goiana.

A decisão da competição, contra Palmeiras ou Santos, acontece no Estádio do Pacaembu. Como de costume, os finalistas medirão forças em 25 de janeiro, aniversário da cidade de São Paulo.

 

 

Terra

Comentários

Tags : , , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627