Gervásio quer um político na presidência do PMDB e defende que a mudança seja feita agora

Publicado em quarta-feira, dezembro 21, 2011 ·

pmdb1“O PMDB precisa definir a questão da Presidência e a direção do partido não pode ser conduzida por um contador. O PMDB precisa ser dirigido por um político que conheça a geografia política do estado”.

O comentário é do deputado Gervásio Maia (PMDB) acrescentando que o partido não pode continuar da forma que se encontra sob pena de ser penalizado nas eleições municipais do ano que vem.

O deputado declarou que em 2011 foi tratado com deslealdade dentro do partido, esperando que em 2012 fatos dessa natureza não se repitam, principalmente porque ele sempre agiu com “lealdade e retidão”, foi eleito pelo partido para três mandatos e nunca foi filiado a outra legenda.

Gervásio ressaltou que não tem nada contra o atual presidente do diretório estadual do PMDB, Antônio de Sousa, mas lembrou que ele é advogado e contador e não um político com atuação e conhecimento da realidade política dos municípios paraibanos.

Lembrou que o partido tem história é forte e precisa resolver em definitivo a situação da presidência, citando os nomes do ex-deputado Roberto Paulino, o ex-senador Wilson Santiago, o prefeito de Campina Grande, veneziano Vital do Rêgo, o senador Vital do Rêgo.

Sobre o ex-governador José Maranhão, comentou que ele tem experiência e conhecimento da realidade política da Paraíba, mas defendeu que existem outros nomes que podem dirigir o partido.

O deputado Gervásio Maia lamentou que o PMDB tenha perdido aliados importantes, citando o caso dos deputados que saíram e foram para outras legendas, um problema que poderia ter sido evitado se um político estivesse a frente do partido.

Jonas Batista/Fernando Braz

Paraíba.com

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br