Funcionária do IML de Curitiba é presa por roubar R$ 200 de morto

Publicado em terça-feira, Maio 24, 2011 ·

thumbUma funcionária do Instituto Médico-Legal (IML) de Curitiba foi presa no domingo (22) por roubar R$ 200 do bolso de um homem morto que estava no Instituto para identificação. A auxiliar de necropsia admitiu o crime e foi presa em flagrante.
A profissional foi denunciada por um colega de trabalho porque ela tentou suborná-lo, oferecendo metade do dinheiro. A auxiliar de necropsia confessou o crime para os policiais civis do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope).
O diretor do IML não quis dar entrevista. Em nota oficial, a Secretaria de Estado de Segurança Pública do Paraná (Sesp) declarou que a conduta da funcionária contraria a orientação da Secretaria e do governo estadual e afirmou que foi determinado rigor na apuração do caso para que condutas similares não se repitam no IML ou em qualquer outro órgão sob responsabilidade da Secretaria da Segurança Pública.
A funcionária está detida no Centro de Triagem I, em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, e deve responder pelo crime de peculato, que é a apropriação de valor facilitada pela função que o servidor exerce,  e por destruição de documento oficial.

Folhaonline
Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627