Fortes chuvas na PB – Governador convoca Prefeitos de Mulungu, Gurinhem, Pirpirituba e Araçagi

Publicado em segunda-feira, julho 18, 2011 ·

rc twitterO governador Ricardo Coutinho (PSB) convocou uma reunião de emergência com  prefeitos paraibanos cujos municípios foram os mais atingidos pelas fortes chuvas que caíram no Estado nos últimos dias.
A reunião será realizada no Palácio da Redenção a partir das 9h. Ele vai decretar estado de emergência e viajar para Brasília a fim de assegurar recursos federais para tentar atenuar os efeitos dos estragos, que já deixaram comunidades desabrigadas.
Ricardo esteve reunido na tarde deste domingo com secretários e representantes do comitê de emergência e definiu a necessidade de discutir planejamento de ação com os prefeitos.
Na reunião, participarão, além do governador, o chefe da Defesa Civil, o Secretário de Rercursos Hídricos, o presidente da Cagepa, representantes do Desenvolvimento Humano, da Secretaria de Saúde, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar.
Alguns municípios já estão em situação mais críticas. Há casos de pontes destruídas, casas invadidas e estradas alagadas, além de riscos de desmoronamentos.
Em Gramame, o alagamento da estação elevatória poderá comprometer o abastecimento de água na Capital. O governador chegou a emitir alerta para que os pessoenses pudessem economizar água até que o problema seja solucionado.

Via Twitter o governador agradeceu os esforços dos que estão lutando para oferecer segurança aos paraibanos, ressaltou os estragos causados pelas chuvas e anunciou que já nesta segunda começarão os trabalhos de reestruturação.

Lista das cidades cujos prefeitos foram convocados
ARAÇAGI
ALHANDRA
ALAGOA NOVA
BAYEUX
CAAPORÃ
CABEDELO
CAMPINA GRANDE
INGÁ
NATUBA
PILAR
MOGEIRO
GURINHEM
JUAREZ TÁVORA
CRUZ DO ESPÍRITO SANTO
SANTA RITA
LAGOA SECA
ITABAIANA
JOÃO PESSOA
MULUNGU
SÃO JOSÉ DOS RAMOS
MAMANGUAPE
RIO TINTO
PIRPIRITUBA
SAPÉ
SALGADO DE SÃO FÉLIX

SOBRADO

Veja nota emitida pela Secom

“O Governo do Estado da Paraíba, ciente dos efeitos e problemas causado pelas chuvas registradas nos últimos dois dias, criou uma comissão de trabalho permanente para traçar diagnósticos e viabilizar soluções para minimizar os transtornos que afetaram famílias paraibanas:

1) Nas últimas 48 horas, choveu em média 250 milímetros no litoral do Estado. Pelo menos 26 cidades estão em estado crítico, com registros de famílias desabrigadas, municípios sem vias de acesso, desmoronamento e pontes que ruíram.

2) Os serviços de monitoramento dos níveis de barragens, estradas, pontes e abastecimento de água estão trabalhando em estado de alerta, acompanhando as precipitações pluviométricas para acionar os setores competentes, com o intuito de levar assistência de forma mais rápida.

3) Na Grande João Pessoa, a Estação Elevatória de Marés está inundada, o que ocasionou a interrupção do abastecimento de água. Situação semelhante ocorre na Estação Elevatória de Gramame, que corre riscos de parar. Diante disso, a Cagepa pede que a população redobre os cuidados com a economia de água, pelo menos nos próximos três dias.

Diante desse diagnóstico, o Governo do Estado tomou as seguintes medidas:

1) Decretar situação de emergência e tentar, junto ao Governo Federal, mais recursos para viabilizar reparos e construção de pontes, estradas, ampliar acessos a cidades, como também ações de vigilância em saúde, para evitar epidemias.

2) O Governo do Estado está convocando os prefeitos dos municípios de Araçagi, Alagoa Nova, Alhandra, Bayeux, Caaporã, Cabedelo, Campina Grande, Cruz do Espírito Santo, Gurinhem, Itabaiana, Ingá, João Pessoa, Juarez Távora, Lagoa Seca, Mamanguape, Mogeiro, Mulungu, Natuba, Pilar, Pirpirituba, Rio Tinto, Sapé, Salgado de São Felix, Santa Rita, Sobrado e São José dos Ramos para uma reunião nesta segunda-feira, 18 de julho, às 9h, no Palácio da Redenção. O objetivo do encontro é estabelecer parceria no sentido de solucionar os problemas ocasionados pelas chuvas, dentro das competências do Estado e do Município, e seguindo o que diz o Sistema Nacional de Defesa Civil.

3) Por determinação do governador Ricardo Coutinho, a Polícia Militar está de prontidão para auxiliar o Corpo de Bombeiros nos chamados de pessoas desaparecidas e situação de resgate.

4) Através de parceria com a Prefeitura de João Pessoa, o Governo vai disponibilizar carros-pipa para manter o fornecimento de água potável e possibilitar o funcionamento dos serviços essenciais à população, como hospitais, escolas e segurança.

O Governo do Estado também pede a participação da população, no sentido de contribuir com doações para os desabrigados, tais como roupas, cobertores e alimentos.”


Da redação
Com Blog do Luis Torres e Clickpb

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627