Finados: padre reforça a importância de lembrar dos que já partiram

Publicado em sábado, novembro 1, 2014 ·

cemiterioNo Dia de Finados (2), a Arquidiocese da Paraíba reforça a necessidade de manter viva a memória de pessoas que fizeram parte de nossas vidas, mas que já não estão mais aqui. Segundo o padre Egídio de Carvalho Neto, os cristãos devem conservar a tradição de dedicar um dia especial de oração para amigos e familiares que não estão presentes fisicamente, mas apenas em lembrança. “É um momento de expressarmos nossa fé na ressurreição e na vida eterna”, lembrou o religioso.

Segundo padre Egídio, ao celebrarmos o dia dedicado aos fiéis defuntos (finados) a Igreja lembra a brevidade da vida natural e a eternidade das lembranças de uma vida bem vivida. “Todos nós, ao longo de toda a história da humanidade sempre buscamos uma resposta para esta brevidade da vida natural. E somente pela via da fé é que podemos encarar a morte como um processo natural da vida”, destacou padre Egídio.

Tradição

A celebração do Dia de Finados ainda está presente em muitos lares cristãos. No entanto, o desafio dos dias atuais é de que seja mantido vivo esse respeito pela vida daqueles que já não mais estão aqui conosco. Pois, de acordo com padre Egídio, enquanto a vida de uma pessoa estiver presente em nossas lembranças e em nosso coração, sua vida permanecerá viva e presente no meio de nós.

 

clickpb

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627