FIEP comemora aumento no número de empresas e de emprego na PB; ‘governo fez dever de casa’

Publicado em sexta-feira, dezembro 16, 2011 ·

Agentes de SaúdeO presidente da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (FIEP), Buega Gadelha, em entrevista ao Sistema Arapuan nesta sexta (15) afirmou que houve um aumento no número de empresas e de empregos em todo o estado, mesmo em ano de crise mundial.

Gadelha explicou que em 2011 o número de empresas no estado cresceu 11% e o de empregos aumentou 24%. “Isso é algo para comemorar”, diz.

Para Gadelha, o governador Ricardo Coutinho (PSB), tem feito o ‘dever de casa’, mas destaca que o bom trabalho do governador não é o único motivo para esse crescimento. “O governo está trabalhando com metas de adesão solidária, para nós empresários é isso o que interessa para você poder distribuir o dinheiro equanimente dentro de critérios de justiça e melhorias de índices sociais. Quando você está fazendo isso, pode fiscalizar e cobrar e é muito diferenciado”, explica.

O presidente explicou que essa modificação acontece pois o governador vem formalizou as empresas e também aumentou o teto das micro e pequenas empresas. “Deu uma alavancada, estamos satisfeitos com o governo e queremos colaborar e participar da formulação de políticas públicas”, ressalta.

Gadelha comentou também que o governo está “despolitizando a atividade administrativa” e afastando as “picuinhas políticas”. Ele destacou os convênios feitos com o governo do estado para a formação profissional em nível superior. “Vamos usar prédios do Estado para criarmos essas escolas. Vamos criar escolas de nível superior em João Pessoa no ramo de alimentação, setor de construção civil no setor têxtil e de confecções”, conta.

De acordo com o presidente da FIEP o número de alunos em cursos profissionalizantes vai saltar de 37 mil para 80 mil em toda a Paraíba até 2014. “Esse privilégio não é só do SENAI, também tem a participação do governo”, comenta.

Marília Domingues / Fernando Braz

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br