FENAJ pede a votação da PEC dos Jornalistas no Congresso Nacional

Publicado em sexta-feira, abril 22, 2011 ·


No início desta semana, após avaliação do “Placar no Senado”, a Executiva da FENAJ considerou que já há condições de colocar a PEC 33/09, de autoria do senador Antônio Carlos Valadares (PSB/SE) em votação. Por isso, dirigentes da entidade ficaram encarregados de solicitar ao relator da PEC, o senador Inácio Arruda (PCdoB/CE), a votação da matéria em plenário. A expectativa é de que isto ocorra após o feriado da Páscoa.
No dia 11 de abril o senador Vicentinho Alves (PR) informou ao Sindicato dos Jornalistas do Tocantins a mudança na sua intenção do voto, agora favorável à PEC. Como a senadora Kátia Abreu (DEM) e o senador João Ribeiro (PR), já haviam se manifestado a favor da PEC dos Jornalistas, agora toda a bancada tocantinense no Senado adere à causa dos Jornalistas.

Na semana passada os diretores da FENAJ José Carlos Torves e Antonio Paulo da Silva realizaram contatos com lideranças partidárias buscando acelerar a tramitação das propostas no Congresso Nacional. O senador Jaime Campos (DEM/MT) também se posicionou favorável à PEC. Já na Câmara dos Deputados, tanto o líder do PCdoB, deputado Osmar Júnior (PI), quanto o líder do PR, deputado Lincoln Portela (MG), dispuseram-se a coletar assinaturas dos demais líderes partidários e apresentar requerimento para a votação da PEC 386/09, de autoria do deputado Paulo Pimenta (PT/RS).

A Executiva da FENAJ orienta os Sindicatos de Jornalistas a ampliarem o contato com os parlamentares, principalmente com os senadores cujo posicionamento em relação à PEC 33/09 ainda é desconhecido, e a buscaram mais apoios na petição pública pela aprovação das PECs.

SIP representa os donos da mídia, diz Pimenta
O deputado Paulo Pimenta reagiu ao posicionamento da Sociedade Interamericana de Prensa (SIP), divulgado no dia 9 de abril, de pedir ao Congresso brasileiro que não aprove nenhuma das duas propostas que restabelecem a necessidade do diploma em Jornalismo para o exercício da profissão. “A entidade representa o setor patronal, os donos da mídia”, disse. Para Pimenta, estes grupos são os principais interessados na precarização da profissão de jornalista, uma vez que interpretam a notícia como produto e buscam o barateamento da produção.

O deputado rechaçou a afirmação de que o diploma representa uma barreira à liberdade de expressão e repudiou a interpretação que a SIP faz do Jornalismo como um mero disseminador de opiniões.

Livro disponível para distribuição gratuita on-line
Com sua versão impressa praticamente esgotada, o livro “Formação Superior em Jornalismo – Uma exigência que interessa à sociedade” é o segundo organizado pela Federação Nacional dos Jornalistas dentro da Campanha em defesa da obrigatoriedade de formação universitária específica para o exercício da profissão e do seu esforço para disseminar, ampliar e aprofundar o debate sobre o tema em todo o país. Organizada pelos diretores da FENAJ Sérgio Murillo de Andrade e Valci Zuculoto, a obra conta com a colaboração de diversos e renomados jornalistas, advogados, juristas e pesquisadores de jornalismo. Para acessar o livro utilize o link: http://www.fenaj.org.br/livro2.pdf.

Fonte: Fenaj
Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627