PROPAGANDA ENGANOSA

Farmácia que prometia remédio ‘anti coronavírus’ é interditada em João Pessoa

Publicado em segunda-feira, Março 9, 2020 ·

O Ministério Público da Paraíba está realizando uma ação na tarde desta segunda-feira (09) em João Pessoa em conjunto com as vigilâncias sanitárias municipal e estadual para coibir a venda de um remédio que prometia prevenir contra a COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus.

O medicamento, intitulado de Contra Coronavírus, era comercializado por uma farmácia de manipulação localizada em Manaíra, bairro da orla da capital paraibana. O local foi interditado e denunciado por propaganda enganosa, tendo em vista que não existem remédios específicos para a doença.

Tratamento

Não existe tratamento específico para infecções causadas por coronavírus humano. No caso do coronavírus é indicado repouso e consumo de bastante água, além de algumas medidas adotadas para aliviar os sintomas, conforme cada caso, como, por exemplo:

  • Uso de medicamento para dor e febre (antitérmicos e analgésicos).
  • Uso de umidificador no quarto ou tomar banho quente para auxiliar no alívio da dor de garanta e tosse.

Assim que os primeiros sintomas surgirem, é fundamental procurar ajuda médica imediata para confirmar diagnóstico e iniciar o tratamento.

Todos os pacientes que receberem alta durante os primeiros 07 dias do início do quadro (qualquer sintoma independente de febre), devem ser alertados para a possibilidade de piora tardia do quadro clínico e sinais de alerta de complicações como: aparecimento de febre (podendo haver casos iniciais sem febre), elevação ou reaparecimento de febre ou sinais respiratórios, taquicardia (aumento dos batimentos cardíacos), dor pleurítica (dor no peito), fadiga (cansaço) e dispnéia (falta de ar).

paraiba.com.br

 

 

Comentários

Tags : , , , ,

REDES SOCIAIS


















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627