Executiva Nacional do PT se reúne dia 25 em SP para discutir situação do partido em JP e CG

Publicado em quinta-feira, junho 14, 2012 ·

A decisão final sobre a candidatura própria do PT em João Pessoa e a composição do o PP em Campina Grande, vai ser um dos assuntos da pauta da reunião da Executiva Nacional do partido dos Trabalhadores, no próximo dia 25 em São Paulo, quando também vai ser debatido a composição do PT e o PSB na capital paulista.

A informação é do vice-presidente do Diretório Municipal do PT em João Pessoa, Jackson Macedo, adiantando que nesse encontro vão estar presentes todos os integrantes da executiva nacional, o ex-presidente Lula e presidente nacional do PSB, Eduardo Campos.

Macedo contou que no caso de João Pessoa, o entendimento do diretório é que o projeto nacional do PT, que passa pela eleição do prefeito Paulista como reforço para a reeleição da presidente Dilma Roussef em 2014, numa composição com o PSB e a deputado Luiza Erundina na vice na chapa de Haddad, esta acima da questão local de João Pessoa.

Ele declarou que a candidatura de Luciano Cartaxo vai existir até que a executiva nacional se reúna no dia 25 e avalie se ela deve ir adiante ou não. Jackson lembrou que existe uma resolução da executiva nacional que diz que nos municípios com mais de 200 mil eleitores e onde haja a transmissão do Guia eleitoral através do Rádio e Televisão, a decisão final sobre candidatura própria vai ser da executiva nacional.

O dirigente petista lembrou que o caso se aplica a João Pessoa e Campina Grande, onde havia decisão do diretório de Candidatura própria e foi feita uma composição com o PP, que acabou com a indicação do vereador Peron Japiassu para vice na chapa de Daniella Ribeiro.

Ele explicou que o caso vai ser analisado pela executiva nacional, atendendo a um pedido do senador Vital do Rêgo, uma vez que em Campina o PT era parceiro do PMDB há oito anos e o PMDB é aliado do Governo Dilma.

Jackson Macedo contou que em Mossoró, no Rio Grande do Norte e em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, citados que tem mais de 200 mil eleitores e aonde o PT tinha candidato próprio e houve intervenção da Executiva Nacional, as candidaturas foram retiradas para apoiar o candidato do PSB.

Um fato que pode acabar interferindo em João Pessoa na visão de Macedo foi o rompimento do PSB com o PT em Recife. Ele lembrou que em Pernambuco, o PT precisa do apóio do PSB e no caso da Paraíba os socialistas governam João Pessoa e o Governo do estado com o apoio do PT.

Jonas Batista

Comentários

Tags : , , , , , , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627