Estudo diz que desperdício de água foi de 36,2% na PB e de 40% em JP, em 2013

Publicado em quarta-feira, Janeiro 21, 2015 ·

águaA Paraíba jogou fora 36,2% da água tratada, número superior aos 20% ideais. Entre as capitais, João Pessoa está em situação pior que o estado e é a 12ª no Brasil em desperdício de água potável, onde o índice chegou a 40%. As informações foram divulgadas nesta quarta-feira (21) pelo Sistema Nacional de Informações Sobre Saneamento (SNIS), ligado ao Ministério das Cidades.

Apesar da pesquisa ter levantado dados em 2013, essas são as informações mais recentes sobre desperdício de água. No país, os brasileiros jogaram fora 37% de toda a água tratada, sendo que 13 estados [todos os da região Norte, Mato Grosso (Centro-Oeste) e seis do Nordeste] têm números superiores ao da média nacional. Goiás e o Distrito Federal são os locais onde o desperdício é menor, ficando entre 20% e 30%.

Entre as causas, a pesquisa destaca que há as perdas “aparentes” e “reais” de água. As aparentes ocorrem por meio dos ‘gatos’ (que são as ligações clandestinas) ou pelas falhas na leitura de hidrômetros. Já as perdas “reais” são as decorrentes de vazamentos.

O resultado da pesquisa descreve que há a “necessidade dos prestadores de serviço atuarem em ações para a melhoria da gestão, da sustentabilidade, da prestação de serviços, a modernização de sistemas e a qualificação de trabalhadores”.

O diretor administrativo da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba, Jorge Gurgel, informou ao Portal Correio que houve uma redução nos números de desperdício de água no estado, que caíram de 39% para os 36,2% relatados na pesquisa, de 2012 para 2013.

Ele falou que, com relação aos vazamentos, a Companhia está investido na automação informatizada dos sistemas de monitoração para modernizar e agilizar a correção das perdas de água. Essa operação já existe em Campina Grande e está em fase de licitação para implantação na Capital. Já sobre os ‘gatos’ e situações envolvendo as leituras, a Companhia esclarece que foram instalados 308 mil novos hidrômetros no estado nos últimos três anos outros 120 mil devem ser colocados nos imóveis até o fim de 2015.

 

portalcorreio

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627