Estudantes aprovados no último PSS podem não ingressar na UFPB no período letivo 2012.2

Publicado em sexta-feira, junho 1, 2012 ·

 

Os 60 estudantes aprovados no último PSS para o curso de Comunicação em Mídias Digitais poderão ter suas entradas na UFPB inviabilizadas em razão dos constantes atrasos na entrega das salas de aula (798 dias de atraso) para acomodá-los e pela morosidade e inviabilização na aquisição de equipamentos por parte da reitoria da Instituição. As salas de aula que a reitoria, até o momento, tem disponibilizado para os discentes do curso têm capacidade para, no máximo, 40 cadeiras e, ao forçar a disponibilização de 20 cadeiras, propicia a precariedade do ensino e do aprendizado.

Ainda que as salas de aula (com espaço adequado para 60 estudantes) fossem entregues e os alunos acomodados, ainda restariam dois problemas que parecem insuperáveis até o início do próximo semestre letivo: a não efetivação da aquisição de 70 comutadores para o laboratório de imagem digital e a confecção das bancadas para acomodá-los. Quanto às bancadas, a confecção está a cargo do setor de marcenaria da própria UFPB, mas, com uma infindável fila de prioridades que inviabiliza a concretização das destinadas para o curso de Mídias Digitais em tempo hábil.


Ainda pregões

Além da perda de prazos que dificulta e até mesmo inviabiliza a aquisição de equipamentos com valores mais reduzidos, a reitoria tem se especializado em cancelar pregões. Dois deles (65/2011 e 66/2011) para aquisição de data shows de alta resolução e equipamentos de climatização do tipo casse inverter para as salas de aula e laboratórios do curso de Mídias Digitais foram cancelados.  Sem os aparatos de climatização, as dependências de sala de aula e laboratórios tornam-se inviáveis para as atividades de ensino e aprendizado constantes na grade curricular.

Como as salas de aula e laboratórios possuem dimensões bastante superiores à média das dependências da UFPB, o uso de data shows de alta resolução se faz imprescindível. Na ausência destes equipamentos, os estudantes terão muitas dificuldades de enxergar os estará sendo disposto, quer em quadro de vidro, quer em tela própria para projeção.


Comprando caro

A direção da UFPB tem repetido recorrentemente os erros na aquisição de equipamentos, propiciando gastos elevados em função da perda de prazos para participação de pregões eletrônicos. O exemplo mais recente da perda de oportunidade de aquisição de bons equipamentos por bons preços em consequência da morosidade administrativa teve prazo encerrado sexta feira, dia 25 de maio.

A UFPB deixou de comprar 70 computadores Pentium i7 ao valor unitário de  R$ 1. 700,00. Hoje, os pregões eletrônicos com prazo de validade cotam o mesmo Pentium i7 com valores acima de quatro mil reais, o que representa prejuízo de, no mínimo, dois mil e 300 reais por máquina. Os mesmo 120 mil reais que a reitoria tinha para comprar 70 máquinas (através do projeto Reuni confeccionado pelos professores do Departamento de Mídias Digitais/Demid), só poderá comprar, no máximo 30 delas.


Inexistência de compra dos Livros Reuni

Outro grave problema causado pela morosidade administrativa da UFPB diz respeito a compra de livros para os novos cursos Reuni. A listagem dos livros mínimos necessários para o Departamento de Mídias Digitais foi enviada pelo menos em três ocasiões: dia 17.02.2011, dia 18.04.2011 e no dia 30.05.2011 (títulos que não foram contemplados pelo distribuidor na 1a licitação).

Os livros em questão integram parte essencial do Programa Reuni para os novos cursos e deveriam estar à disposição dos estudantes desde o primeiro semestre em que ingressam na Instituição. No entanto, os alunos de Mídias Digitais, já na metade do curso, não tiveram acesso a nenhum dos títulos requisitados pela Coordenação do Curso, em virtude da desorganização existente na reitoria da UFPB.

Reunião DEMID/CCHLA/REUNI UFPB/MPF

Os alunos aprovados no último PSS para o Curso de Comunicação em Mídias Digitais deverão ter um segundo encontro com os chefe de Departamento e Coordenação do Curso, direção do CCHLA, Comissão Reuni UFPB e Ministério Público Federal, no próximo dia 06 de junho. Ela servirá para elucidar os problemas e tentar solucioná-los antes do início do período letivo de 2012.2. Os alunos querem ter assegurado o ingresso na Instituição e os responsáveis pelo curso tentam, através da direção de Centro, pressionar a reitoria para a solução dos problemas. O Ministério Público terá o papel de mediador do problema e de fiscalização das ações da administração, segundo informou a vice chefe do Departamento de Mídias Digitais, Derval Golzio.

Derval Golzio para o Focando a Notícia

Fone para contato 9642 5000

Comentários

Tags : , , , , , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627