Estado diz que homicídios caíram 9,94% em 4 anos, maior redução do NE e 3ª do país

Publicado em terça-feira, Janeiro 20, 2015 ·

Foto:Divulgação Balanço da criminalidade foi divulgado em reunião
Foto:Divulgação
Balanço da criminalidade foi divulgado em reunião

Em reunião de monitoramento realizada na tarde desta terça-feira (20), no Palácio da Redenção, Centro de João Pessoa, onde foi apresentado um balanço do Programa ‘Paraíba Unida pela Paz’, o Governo Estadual divulgou dados referentes à segurança pública na Paraíba. Segundo informações transmitidas, o estado apresentou a maior redução no número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) do Nordeste e ficou em terceiro lugar no país nos últimos quatro anos. Houve uma diminuição de 13,4% na taxa de homicídios por 100 mil habitantes em território paraibano.

Conforme divulgação, a Paraíba foi o estado que mais reduziu as ocorrências de assassinatos no Nordeste (-1,6%), seguido por Alagoas (-0,6%). Tiveram aumento: Maranhão (+12,8%), Pernambuco (+10,9%), Rio Grande do Norte (+9,9%), Ceará e Bahia (+1,3%). Sergipe e Piauí não divulgaram seus números. Em relação ao Brasil, a Paraíba é o terceiro em diminuição, tendo à frente apenas os estados de São Paulo (-4,1%) e Minas Gerais (-2,7%). Entre 2011 e 2014, houve um decréscimo de 9,94% na ocorrência de assassinatos em território paraibano, com números que foram de 1.680 para 1.513 CVLI (homicídios dolosos ou qualquer outro crime doloso que resulte em morte).

Queda no número de latrocínios

De acordo com dados da Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social, se a Paraíba tivesse mantido 24% de aumento de assassinatos por ano, como aconteceu de 2010 para 2011, o número de homicídios poderia ter chegado a 3.809 casos em 2014. O número de latrocínios na Paraíba apresentou uma queda de 43% nas ocorrências. O Estado tem a menor taxa desse tipo de crime no Brasil (0,41).

Redução de homicídios de mulheres

Também houve redução na incidência de homicídios de mulheres na Paraíba. A queda do número de ocorrências foi de 28,76% de 2011 para 2014, totalizando 42 casos a menos.

Campina Grande foi a cidade em que mais houve queda nas ocorrências de assassinatos de mulheres, em relação a 2013. Foram seis casos contra 14. Algumas cidades não registraram qualquer homicídio com vítima do sexo feminino, entre elas Patos, Sousa, Queimadas, Cabedelo, Mamanguape, São Bento, entre outras.

Apreensão de armas e drogas

Em quatro anos, as Polícias Civil e Militar apreenderam 10.641 armas de fogo na Paraíba, o que representa uma média de 7,28 armas apreendidas por dia, segundo documento apresentado pela Secretaria da Segurança. O número coloca a Paraíba em 2º lugar na taxa armas apreendidas no Brasil, tendo à frente apenas o estado de Santa Catarina (36,9), situado em região de fronteira.

O governador Ricardo Coutinho afirmou, apesar de comemorar os números, afirmou que a redução da criminalidade não depende apenas da iniciativa dos estados.

“Ou o Brasil constrói uma política de segurança pública ou fica muito difícil para os estados”, disse, acrescentando que continuará investindo no setor, convocando mais 600 policiais militares, instalando centrais de videomonitoramento, a princípio em grandes centros como João Pessoa, Campina Grande e Santa Rita, além de modernizar os equipamentos da polícia.

 

Portal Correio

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627