Esquartejadores de Mari tinham planos para executar autoridades de segurança Pública na Paraíba

Publicado em quinta-feira, setembro 27, 2012 ·

Em vídeo gravado com o depoimento de um dos executores do crime bárbaro cometido no dia 29/07/2012 na cidade de Mari, o diretor do Presídio Regional de Sapé, o pastor  Silva Neto, tomou conhecimento que havia um plano da mesma quadrilha para assassinar autoridades da área de segurança do Estado. O bando foi preso na última segunda-feira (24) numa operação comandada pelas polícias Civil e Militar.

O apenado recém chegado ao presídio regional de Sapé   Eronildo Barbosa Ricardo mais conhecido por “Malvado” ou “Beybe”  muito friamente, sem nenhum constrangimento narrou com detalhes como seria colocado em prática o plano.

Ela relatou que três meses atrás se encontrou com José Idelbrando Targino da Silva conhecido por, “Zé Queno”, “Mago” ou  “Bizoga” , juntamente com os outros comparsas  identificados por  “Galalau” e , “Alan”  e outros na “Casa Velha”, na rua da Palha na cidade de Mari  para fumar maconha.

Nesse encontro “Zé Queno”, recebeu uma ligação de um apenado por nome de Luis Carlos da Silva, mais conhecido por  “Timbaúba”, que no momento encontrava-se recolhido, na cela um do Presídio Regional de Sapé, solicitando que  “Zé Queno”, mandasse matar o diretor daquela  unidade prisional e os agentes Evangelista, João Marcelo e Giomar Cirillo, pois eles  vinham constantemente dando prejuízos ao traficante, fazendo apreensões de drogas e celulares.

De acordo o Pastor Silva Neto no vídeo também há relatos de ameaças ao Capitão Kelton, comandante da 17ª Companhia de Polícia Militar  de Sapé e ao Delegado Reinaldo da Comarca de Mari.

Redação\Assessoria

Comentários

Tags : , , , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627