Especialistas alertam para risco da malhação no caso dos sedentários

Publicado em sábado, Março 30, 2013 ·

Foto: SXC/Creative Commons
Foto: SXC/Creative Commons

Passado o verão, a corrida nas academias é para manter o corpo em forma para as próximas estações. Porém, para os sedentários, a recomendação é que se faça uma avaliação do estado de saúde antes de começar a praticar exercícios, evitando surpresas desagradáveis. Os especialistas alertam também para o exagero de atividades físicas, cuidados, alimentação e exercícios indicados para os que estão muito tempo parados.

De acordo com Jousimar Souza, professor de educação física especialista em fisiologia do exercício e personal treiner da academia Jump Cat, o primeiro passo para quem está muito tempo sem malhar e quer iniciar a atividade física é procurar um médico, fazer os exames necessários para saber se está apto. É a partir dessa avaliação que a pessoa fica liberada, ou não, para as práticas esportivas.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O professor explica que apesar da procura pelas academias serem maiores durante o Verão, o clima de Salvador favorece que muita gente busque a malhação nessa época temendo engordar ou mesmo para manter o peso. Para isso é preciso tomar as mesmas precauções do verão, como ingerir muito liquido e alimentos leves.

“O primeiro passo é fazer uma avaliação física completa com o cardiologista, realizando teste de esforço para saber como anda o sistema cardiovascular e a pressão arterial. O ortopedista também é recomendado, principalmente para as pessoas que sofrem com dores na coluna.

Depois da avaliação, o recomendado é procurar uma academia com profissionais qualificados para desenvolver um treino de acordo com as condições fisiológicas e desejo do aluno”, disse.

Cuidados

O especialista faz um alerta para as pessoas que buscam adquirir um padrão estético em pouco tempo. Segundo ele, um dos resultados obtidos com a prática regular de exercícios não é possível em curto prazo, de forma imediata. “O corpo e seus sistemas orgânicos e metabólicos passam por uma fase de aprendizagem durante a atividade física. Desta forma, ensinamos aos nossos músculos determinados gestos motores, capacitamos e desenvolvemos a melhor utilização das fontes de energia, principalmente no que se refere à queima de gordura, o que a maioria das pessoas busca o ano inteiro.”, explica.

Ainda segundo ele, passar horas na academia, praticar diversas modalidades em um mesmo dia e não dar o descanso exigido pelo corpo pode ocasionar danos indesejáveis e até impossibilitar a prática de outras atividades.

Ele explica que o excesso de atividade pode causar câimbras, dores musculares por conta de microlesões do tecido, dores, lesões em ligamentos, tendões. “Isso obriga a suspensão da prática da atividade, o que levará a pessoa ao sedentarismo”, alerta.

Para conseguir um bom resultado, manter a boa forma e não se prejudicar, o melhor é praticar atividades físicas regularmente. “O ideal seria que todos os dias executássemos alguma atividade física. Mas este planejamento cabe ao profissional de educação física habilitado. Ele irá considerar o nível de atividade e experiência anterior do indivíduo, elaborar o melhor programa de atividades físicas de forma personalizada, evitando os malefícios e riscos.

Outro ponto importante é o período de repouso para que nosso corpo se recupere entre um estímulo e outro”, alerta.

Outro alerta é para os sedentários que começam a fazer atividades por conta própria. Segundo o especialista, essa e outras atividades, quando feitas de forma inadequada, podem ocasionar lesões musculares, ligamento de joelhos, tornozelo dentre outros males. Outra dica é caminhar nos horários em que o sol não esteja tão forte e utilizar tênis apropriado e roupas leves. Quanto à alimentação, Souza diz que o ideal é buscar a orientação de um nutricionista que vai indicar uma dieta de acordo com as condições físicas de cada um.

Exercícios recomendados

Os exercícios praticados em academias ou ao ar livre, caminhadas são uma ótima opção para manter a forma e a saúde durante o outono e o inverno, já que é um período em que o corpo queima mais calorias para se manter aquecido.

Para o chefe do departamento de reabilitação cardíaca do Instituto Nacional de Cardiologia, Daniel Kopiler, apesar de Salvador ter um clima quente e favorável à atividades ao ar livre, é preciso tomar alguns cuidados na hora de praticar exercícios, durante o outono e o inverno, por causa da baixa temperatura, principalmente para os idosos e pessoas que sofrem com os problemas respiratórios.

As atividades recomendadas nessa época são as mesmas de sempre: exercícios aeróbicos como caminhada, corrida ou bicicleta aliados a um pouco de musculação. É imprescindível, no entanto, fazer um bom aquecimento antes de qualquer atividade para evitar lesões musculares, utilizar um vestuário adequado para o frio e, principalmente, respeitar os próprios limites.

O médico garante que, tomando os devidos cuidados, o esporte é uma excelente opção para cuidar da saúde e evitar o ganho de peso comum durante a estação.

A atividade física também ajuda a amenizar os efeitos do colesterol bastante ingerido nos alimentos típicos da época. Mas a recomendação é a mesma: faça uma avaliação médica antes de iniciar qualquer atividade física, por mais simples que pareça.

 

 

iG

Comentários

Tags : , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627