Entidades médicas irão avaliar qualidade de vida de cidades com baixo IDH

Publicado em terça-feira, Abril 17, 2012 ·

 

Caravana da Saúde acontecerá nacionalmente. Na Paraíba, ação terá início em junho e será liderada pelo CRM-PB

A qualidade de vida de 81 municípios brasileiros será diagnosticada no primeiro semestre desse ano pelas entidades médicas. O trabalho será realizado em três municípios com os piores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) de cada Estado. Na Paraíba, serão visitadas as cidades de Natuba, Curral de Cima e Cacimbas, a partir do mês de junho. O projeto, intitulado Caravana da Saúde, foi lançado ontem (16, segunda), em João Pessoa, no Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB), e contou com a participação de um dos idealizadores do trabalho, o médico pernambucano Ricardo Paiva.

Ele explicou que o relatório com o diagnóstico dos 81 municípios será apresentado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) à imprensa e será solicitada audiência com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. “Iremos mostrar os resultados ao Ministério da Saúde e propor soluções. A cada ano podemos ir aumentando o número de cidades visitadas e contribuindo com a promoção da cidadania nesses lugares. O médico também deve se comportar como um agente ativo, de responsabilidade social”, disse Ricardo Paiva, conselheiro do Cremepe (Conselho Regional de Medicina de Pernambuco). Pernambuco foi o criador do projeto, há sete anos, que agora abrangerá todo o território nacional.

A Caravana da Saúde irá observar, além das unidades de saúde das cidades, diversos outros aspectos, como saneamento, qualidade da água, coleta de lixo, distribuição de remédios, gastos com a saúde, moradias, emprego, combate à violência, uso de drogas, dentre outros. Além da observação dos médicos, serão aplicados questionários com a população. Na Paraíba, o CRM-PB estará à frente do trabalho que deverá contar com a participação da Associação Médica da Paraíba, Sindicato dos Médicos e Ministério Público Estadual.

“Essa é uma ação social de grande importância para a comunidade. Ao final do trabalho, iremos apresentar um relatório à imprensa e aos gestores, para que todos sejam sensibilizados e conheçam melhor a realidade desses municípios”, destacou o presidente do CRM-PB, João Medeiros. De acordo como vice-presidente do CFM, Carlos Vital, os conselhos regionais e o federal têm zelado pela valorização do trabalho médico, mas de forma que reflita em um atendimento satisfatório à população.

Formato Assessoria de Comunicação para o Focando a Notícia

Comentários

Tags : , , , , , , ,

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627