Entidade denuncia extermínio de moradores de rua em Belo Horizonte

Publicado em sexta-feira, junho 14, 2013 ·

morador-de-ruaA violação de direitos humanos e extermínio da população de rua de Belo Horizonte (MG) foi denunciada pelo Centro Nacional de Defesa de Direitos Humanos da População em Situação de Rua e Catadores de Materiais Recicláveis (CNDDH). Em nota, divulgada na última terça-feira (11), a entidade destaca que teme a intensificação das ações, com a proximidade dos Jogos da Copa das Confederações.

O primeiro jogo agendado na capital mineira está marcado para o próximo dia 17 de junho. De acordo com a CNDDH, houve 100 homicídios de moradores de rua em Belo Horizonte nos últimos dois anos. O número equivale ao assassinato de um em cada vinte moradores, com base em estimativas da Prefeitura que apontam cerca de 2 mil pessoas nessa situação na cidade.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Na madrugada de segunda para terça-feira, foram registrados mais dois casos de homicídios praticados contra moradores de rua.

Na nota, a entidade também aponta que agentes municipais, com apoio da Policia Militar, estariam passando pelas ruas e recolhendo pertences pessoais dos moradores, como remédios, documentos e cobertores. Além disso, questiona o uso de jatos de água nas operações.

A denúncia é reforçada por uma moradora de rua em vídeo gravado pelo coletivo Fora do Eixo.

“Não estão dando trégua, já chegam querendo carregar os nossos pertences, chegam ameaçando. Estão ameaçando até de bater na gente, se caso a gente não deixar, por livre e espontânea vontade eles levarem nossos pertences.”

Diante da situação, a entidade pede mobilização da sociedade para protestar e requerer das autoridades competentes ações urgentes e efetivas que venham combater a violência cometida contra a população em situação de rua.

Foto: Marcello Casal/ABr

Daniele Silveira,

De São Paulo, da Radioagência NP

Comentários

Tags : , , , , ,

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627