Enquanto gasta R$ 680 mil com combustível, prefeito se nega a comprar terreno para construção de INSS

Publicado em terça-feira, novembro 1, 2011 ·

Desde 2009 Lagoa Seca foi contemplada pelo Governo Federal com direito a uma agência do INSS

O Pólo sindical do compartimento da Borborema, juntamente com o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Lagoa Seca, com a Associação dos Amigos da cidade e o ex-presidente do Diretório Municipal de PSB, Fernando Antônio Ribeiro Martins denunciaram ao Mais PB que município está preste a perder o direito de instalar uma agência do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) por falta de interesse do Governo Municipal.

Fernando Ribeiro acusa o prefeito, Edvardo Herculano de Lima (PSDB), de estar inviabilizando a instalação da agência do INSS, “pois há dois anos o prefeito se nega a comprar o terreno onde será instado o posto, alegando que a prefeitura não tem dinheiro”.

Por outro lado, o ex-presidente do PSB na cidade lembra que mesmo prefeito já foi manchete de vários veículos de comunicação por ter gasto cerca de R$ 680 mil com combustível. “O prefeito gasta R$ 680 mil com gasolina e não pode comprar um terreno de R$ 140 mil, isso é um absurdo”, disparou Fernando Ribeiro.

De acordo com Fernando Ribeiro, em 2009 Lagoa Seca foi contemplada pelo Governo Federal com uma agência do INSS. Com isso, “seria possível diminuir o trânsito previdenciário e de aposentados para Campina Grande. Isso também facilitaria a vida dos aposentados dos municípios de Lagoa Seca, Matinhas, Lagoa de Roça e Alagoa Nova”, explicou o Ribeiro.

Mas, “como a prefeitura não se pronuncio o INSS envio oficio alertando que se nada fosse feito a cidade perderia o posto para outro município, mesmo assim mais uma vez Edvardo Herculano se omitiu”, lamentou o ex-presidente do PSB.

Fernando Ribeiro disse também que na época, o então Governador em exercício José Targino Maranhão autorizou o pagamento do terreno, que não ocorreu em virtude da sua saída do Governo para a entrada do atual Governador. .

“Como eu era Presidente Municipal do PSB e aliado do Governador Ricardo Coutinho só me intervir depois da posse do nosso Governador. O governador numa de suas vindas ao Município chegou a pedir ao Prefeito a compra do terreno. A suplan esteve aqui junto com o INSS e aprovou um terreno, mas o prefeito não quer comprar o terreno e com isso, ele prejudica toda a população da cidade”, destacou Fernando Ribeiro.

Mislene Santos

Do MaisPB

Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627