Enem: apenas 250 pessoas tiveram nota máxima na redação

Publicado em terça-feira, Janeiro 13, 2015 ·

Apenas 250 pessoas dos cerca de 6,2 milhões de participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014 obtiveram nota máxima, ou seja, 1.000 pontos, na prova de redação. O dado foi divulgado nesta terça-feira pelo Ministério da Educação (MEC), em coletiva de imprensa. Ainda segundo a pasta, 35.719 participantes tiveram notas entre 901 e 999. Na última avaliação, 529.373 inscritos tiveram nota zero na redação.

Quando avaliadas as notas de redação dos estudantes concluintes do ensino médio, é possível notar que as notas pioraram em comparação com o exame de 2013. As notas médias foram 9,7% mais baixas do que em 2013 — 521,2 para 470,8.

O Enem 2014 também registrou queda de 7,3% na nota dos estudantes na prova de matemática: a média passou de 514,1 para 476,6. “Não diria que foi uma queda significativa na nota. Diria que é uma queda que deve estimular a comunidade acadêmica a examinar esses dados”, afirmou o novo ministro da Educação, Cid Gomes, sugerindo que uma diferença de até 5% nas notas de matemática e redação estaria dentro da margem de erro — e, portanto, apontando que neste caso a queda estaria acima do previsto.

Em comparação à edição do Enem de 2013, o último exame registrou um aumento de 3,9% da média de linguagens, 5,4% em ciências da natureza e 2,3% em ciências humanas.

Ao ser questionado se estava satisfeito com o resultado do Enem, Gomes admitiu: “Claro que não. A média é que é o importante, e esta proposta é usada para o Prouni. Para o meu conceito, em matemática e redação houve uma queda, ao tempo em que em ciências da natureza houve uma elevação. Ao meu juízo, quem deve se debruçar sobre esses números é a comunidade acadêmica. E o MEC disponibilizará todos os dados”, conclui.

Veja 

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627