Em Taperoá, vice dos ‘Dantas’ poderá ser anunciado nesta sexta

Publicado em sexta-feira, Maio 25, 2012 ·

 

Está prevista para a noite desta sexta-feira, 25, uma reunião no salão paroquial, localizado no bairro Alto de Nossa Senhora da Conceição, que será realizada por um grupo que rompeu com o prefeito Deoclécio Moura (PMDB) há cerca de uma semana.
A ruptura ocorreu porque segundo o blogueiro Marcelo Dantas, o mais entusiasta com a formação do mais novo e inesperado bloco político da cidade, ele e sua família Dantas e Vilar não aceitaram a chapa do gestor composta até agora por Jurandir Gouveia na cabeça, pelo pouco tempo que ele está na Situação. Tem ainda a dificuldade que o prefeito tem para definir o vice, apesar da pressão de vários agentes políticos aliados que querem ocupar a vaga ao lado do empresário.
A família, que antes defendia decisões de Deoclécio Moura, vai reunir nesta sexta ex-aliados do prefeito e representantes de partidos, entre eles o Pc do B, para discutirem sobre quem será o vice da chapa, já que esta conta com o nome do engenheiro Alcides Trindade Vilar, que até então estava cotado para compor com o presidente da Câmara de Vereadores de Taperoá, Sandro Brito (PT).
De acordo com informações, Sandro teria, junto com articuladores políticos que o acompanham desde o ano passado, fomentado a nova conjuntura política e renunciado a está na chapa dos Dantas para que estes ficassem à vontade para definição do vice.
Duas pessoas estariam sendo sondadas para está ao lado de Alcides concorrendo com pelo menos mais duas candidaturas em outubro próximo. O ex-procurador do município, Manoel Dantas, o popular Dantinhas, filho do agropecuarista Manelito Dantas, que há pouco mais de uma semana teve seu nome envolvido no escândalo do programa de distribuição de leite da Paraíba, e Sebastião Brito, que teria a simpatia de Marcelo Dantas.
Se Sebastião Brito aceitar, estará dando outra rasteira em Deó. Na campanha eleitoral de 2008, o atual secretário de Agricultura entrou com processo na Justiça contra o prefeito, à época candidato à reeleição.
A situação não é boa.  A pré-candidatura de Jurandir Gouveia não empolgou e não há nenhum nome dentro do atual governo que agrade a uma maioria para ser o vice da chapa com o empresário, que a essa altura já deve ter se arrependido de ter sido indicado por Deoclécio Moura para concorrer na eleição de outubro.
Há uma tentativa desesperada, e frustrada, de passar para a população que está tudo bem. Que há uma união no bloco. Não há. Vereadores e ex-vereadores estão em guerra pela vaga de vice. E a situação é tão ruim, que até o prefeito e mais doze pessoas que participam e que participaram de seu governo estão sendo acusados de desvio de dinheiro público, algo em torno de mais de R$ 300 mil, e de pelo menos mais dois outros crimes. A denúncia foi feita pelo Ministério Público e o Tribunal de Justiça da Paraíba já chegou a pedir o afastamento do prefeito.

Faltando apenas sete meses para Deó perder o poder, as pessoas, que até ontem concordavam com tudo o que ele decidia, hoje começam a se afastarem.

Jandro Gomes para o Focando a Notícia

Comentários

Tags : , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627