Em ascensão, Atlético-PR marca no fim e passa pelo Cruzeiro

Publicado em quinta-feira, agosto 18, 2011 ·

at prNa luta para deixar a zona do rebaixamento, o Atlético-PR conquistou uma grande vitória sobre o Cruzeiro na Arena da Baixada. Após abrir o placar com Marcinho, a equipe da casa viu os mineiros empatarem com Wellington Paulista. Aos 43min, porém, Cleber Santana marcou e garantiu o triunfo para os anfitriões. Com o resultado, o time curitibano mantém sua ascensão no Campeonato Brasileiro: são cinco jogos invictos, com três vitórias e dois empates.

O resultado tira o Atlético-PR da zona do rebaixamento e força os rubro-negros a torcerem por seu maior rival. A equipe da Arena da Baixada tem 16 pontos na 16ª colocação, e só não volta à região da degola em caso de triunfo do Coritiba sobre o Santos. Já o Cruzeiro é o 12º, com 21 pontos.

O Atlético-PR segue na Arena da Baixada na próxima rodada. No domingo, às 18h, a equipe curitibana recebe o América-MG, em duelo direto contra o rebaixamento. Já o Cruzeiro enfrenta o Ceará no Parque do Sabiá, em Uberlândia, no próximo sábado, às 18h.

A partida foi realizada no dia em que o Cruzeiro anunciou o atacante Bobô, ex-Corinthians, que com Keirrison substituirá Wallyson e Thiago Ribeiro. Enquanto o primeiro sofreu séria lesão, o segundo foi negociado com o Cagliari. Já o Atlético-PR também teve mudanças na frente. Morro García, com dores no pé, deu lugar a Edigar Junio,

O jogo

Impulsionado por sua torcida, o Atlético-PR iniciou melhor a partida, pressionando a saída de bola do Cruzeiro. A equipe visitante mal conseguiu sair de seu campo de defesa nos dez primeiros minutos, mas quando chegou ao ataque, criou boa chance. Aos 12min, após falha da defesa da casa, Wellington Paulista chutou na entrada da área e Renan Rocha defendeu.

Pouco a pouco o Cruzeiro conseguiu igualar as condições do jogo, mantendo a bola no meio de campo. Montillo teve a melhor chance da partida aos 18min, quando tabelou com Wellington Paulista e tocou por cima do gol atleticano com cavainha. O argentino voltou a ameaçar aos 29min, em cobrança de falta que Renan Rocha espalmou.

O Cruzeiro pode ter criado as melhores chances, mas o Atlético-PR que abriu o placar. Aos 30min, Edilson cruzou pela direita, Marcinho desviou e Fábio não chegou à bola para a defesa. o camisa 10 era quem criava as melhores chances para o time da casa, com Montillo sendo a arma favorita dos mineiros. Já Roger, outra opção de armação, seguiu apagado.

Aos 35min, o Cruzeiro chegou ao empate. Vitor cruzou na área e Wellington Paulista cabeceou na medida para fazer seu primeiro gol desde o retorno a Belo Horizonte após meses emprestado ao Palmeiras.

O segundo tempo começou agitado, mas sem grandes chances de gol. Aos 12min, Marcinho recebeu sobra quase na linha de fundo e chutou para a intervenção de Fábio. Dois minutos depois, Kleberson arriscou de longe e o goleiro do Cruzeiro fez boa defesa. O jogo seguia um nível técnico fraco, com os times errando muitos passes.

Aos 23min, a situação do Cruzeiro se complicou a partir da expulsão de Anselmo Ramon. O atacante se precipitou, cometeu falta simultaneamente em Deivid e Fabrício e recebeu o segundo cartão amarelo. Com a diferença numérica, Joel Santana sacou Roger para a entrada de Gilberto, enquanto Renato Gaúcho substituiu Kleberson por Adaílton.

O Atlético-PR pressionava, mas sem criar boas oportunidades. Aos 30min, o jogo ganhou em polêmica. Madson cobrou falta na área, Fábio se complicou ao segurar a bola e agarrou Adaílton, mas a arbitragem marcou falta do atacante atleticano em vez de pênalti. A penalidade, porém, não foi necessária. Aos 43min, Cleber Santana chutou cruzado da entrada da área e acertou o canto direito de Fábio.

Atlético-PR 2 x 1 Cruzeiro

Gols

Atlético-PR:
Marcinho, aos 30min do primeiro tempo; Cléber Santana, aos 43min do segundo tempo
Cruzeiro:
Wellington Paulista, aos 35min do primeiro tempo

Atlético-PR: Renan Rocha; Edilson (Wagner Diniz), Manoel, Fabrício e Paulinho; Deivid, Kleberson (Adaílton), Cleber Santana e Marcinho; Madson e Edigar Junio (Fransérgio). Técnico: Renato Gaúcho

Cruzeiro: Fábio; Vitor, Léo, Naldo e Diego Renan; Marquinhos Paraná (Leandro Guerreiro), Fabrício, Roger (Gilberto) e Montillo; Wellington Paulista (Ortigoza) e Anselmo Ramon. Técnico: Joel Santana

Cartões amarelos
Atlético-PR: Deivid e Madson
Cruzeiro: Naldo e Anselmo Ramon

Cartões vermelhos
Cruzeiro: Anselmo Ramon

Árbitro
Felipe Gomes da Silva. (RJ)

Renda e público
R$ 215.450,00/14.977pagantes

Local
Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Terra

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627