Elegante, Fla duela com o Bahia para manter a calmaria no Brasileirão

Publicado em quarta-feira, outubro 16, 2013 ·

O Flamengo volta ao Maracanã na noite desta quarta-feira para mostrar que merece ficar na parte nobre da classificação do Brasileirão. E tem o traje adequado para isso. Na partida que marca a estreia de seu novo terceiro uniforme, o Rubro-Negro recebe o Bahia, às 21h50m (de Brasília), pela 29ª rodada. Os cariocas entram em campo para manter a folga para zona de rebaixamento, enquanto os baianos tentam surpreender e levar essa tranquilidade para Salvador.

Com 37 pontos, o Fla está exatamente no meio da tabela. A décima posição, por sua vez, não significa alívio na luta contra o rebaixamento. Se o G-4 chegou a ser um sonho, a distância para o Atlético-PR, quarto colocado, é de 11 pontos. Já o Z-4 esta ali pertinho, e o Criciúma, primeiro entre os que iriam para Série B no panorama atual, tem só cinco pontos a menos. Faltando apenas duas rodadas – uma semana – para voltar suas forças para a Copa do Brasil, na qual enfrenta o Botafogo pelas quartas de final, o Rubro-Negro encara o confronto com o Bahia como primordial também para poder se dedicar à única chance de título na temporada.

A estreia da camisa número três guarda ainda um desafio contra as estatísticas para o Flamengo. Desde que passou a usar este tipo de uniforme, em 1995, o Rubro-Negro o vestiu em 21 partidas, vencendo apenas duas, com sete empates e 12 derrotas. O modelo atual, divulgado na terça-feira, é predominantemente preto, com detalhes em vermelho que remetem a paisagens do Rio de Janeiro.

A seis pontos da zona de classificação para a Libertadores e quatro à frente da zona de rebaixamento, o Bahia mantém ativo o discurso de luta por uma vaga na competição continental. Baseando-se no equilíbrio do Brasileirão, o Tricolor vai ao Rio de Janeiro em busca de estabilidade para não desistir do alto sonho sul-americano. O maior receio, no entanto, não é o adversário em si, mas a torcida: o Maracanã lotado é considerado o maior reforço da equipe carioca.

A Rede Globo transmite a partida ao vivo para Porto Alegre, RJ, ES, Região Nordeste (menos PE e MA) e Região Norte (menos TO). O PremiereFC 2 exibe para todo o país através do sistema pay-per-view. O GLOBOESPORTE.COM acompanha o confronto em Tempo Real, com vídeos exclusivos.

header as escalações 2Flamengo: sem problemas e sem mistério, Jayme de Almeida deve repetir a escalação que perdeu para o Botafogo, no último domingo. Apesar do revés, o treinador elogiou muito a atuação da equipe, que teve a volta de Carlos Eduardo ao meio-campo. Com isso, o Fla deve começar com Felipe, Léo Moura, Chicão, Wallace e João Paulo; Amaral, Elias, André Santos e Carlos Eduardo; Paulinho e Hernane.

Bahia: para esta partida, o técnico Cristóvão Borges volta a contar com dois titulares que ficaram fora do confronto contra o Goiás por suspensão. O goleiro Marcelo Lomba, o lateral-direito Madson e o volante Rafael Miranda retornam ao Tricolor, assim como o zagueiro Dermerson, considerado reserva. O treinador deve mandar o Bahia a campo com Marcelo Lomba; Madson, Titi, Lucas Fonseca e Raul; Feijão, Hélder, Rafael Miranda e Marquinhos; William Barbio e Fernandão.

quem esta fora (Foto: arte esporte)Flamengo: o trio gringo rubro-negro segue longe do time e até mesmo do Brasil. Marcelo Moreno, Marcos González e Victor Cáceres estiveram na noite de terça com as seleções de Bolívia, Chile e Paraguai, respectivamente, para partidas pelas eliminatórias para Copa de 2014. Já Samir, com um problema no abdômen, está no departamento médico, enquanto Diego Silva, já recuperado de um estiramento na coxa direita, está entregue à preparação física.

Bahia: o lateral-direito Neto cumpre suspensão automática, já que levou cartão vermelho na última rodada. No departamento médico, apenas Ávine segue em recuperação de uma lesão no joelho.

header pendurados (Foto: ArteEsporte)

Flamengo: André Santos, Carlos Eduardo, Chicão, Hernane, João Paulo e Léo Moura.

Bahia: Fernandão, Feijão, Jussandro, Rafael Donato e William Barbio.

header o árbitro (Foto: ArteEsporte)

Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO) apita o jogo, auxiliado por Bruno Boschilia (PR) e Bruno Salgado Rizo (SP). O árbitro trabalhou em 12 partidas neste Brasileiro, inclusive Santos x Flamengo, na 1ª rodada, e Corinthians x Flamengo, na 17ª rodada. Wilton Pereira aplicou 5,1 cartões amarelos em média e um vermelho (média de 0,1). Ainda marcou média de 36,3 faltas por jogo e assinalou quatro pênaltis (média de 0,3). O campeonato tem média de 4,4 cartões amarelos e 0,3 cartões vermelhos. São 34,8 faltas em média por partida e 0,2 pênalti por confronto.

header_estatisticas (Foto: arte esporte)

Flamengo: o Rubro-Negro jogará sua quarta partida consecutiva no Maracanã para depois jogar duas seguidas longe de casa (Atlético-MG e Portuguesa). Por isso, é preciso ir para cima e fazer valer o mando de campo, algo que nem sempre aconteceu em 14 jogos: foram cinco vitórias e aproveitamento de 47,61% dos pontos. Contar com a boa fase de Hernane viria a calhar: o atacante é quem mais finaliza no time (53 vezes) e, além dos 12 gols que marcou, é solidário: tem quatro assistências.

Bahia: nos últimos cinco jogos, só venceu um, justamente o clássico Ba-Vi. A má fase pode até ter fim no Maracanã, mas o desempenho longe da Bahia é ruim. Em 14 jogos, são sete derrotas. No entanto, contra os cariocas, possui um bom aproveitamento: em seis duelos, perdeu apenas uma vez, para o Fluminense. É uma das equipes que mais cometem e sofrem faltas, o que dificulta que o adversário faça o jogo fluir, como o Flamengo tentará fazer dentro de casa.

header_na_historia (Foto: arte esporte)

Há dez anos, no dia 7 de agosto de 2003, o Flamengo aplicou um verdadeiro chocolate sobre o Bahia. Diante de sua torcida, no Maracanã, o Rubro-Negro bateu o rival por 6 a 0. Edílson foi o artilheiro da partida, com três gols. Rafael marcou dois e o zagueiro Fernando completou a goleada. Julio César, que quase não teve trabalho, era o goleiro do time carioca, então comandado por Oswaldo de Oliveira. Felipe não marcou, mas contribuiu com belos passes e foi ovacionado pela torcida. Os rubro-negros entraram em campo de luto pela morte do benemérito Roberto Marinho.

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627