Donos de postos querem fechar a partir das 18h em JP; 10 foram assaltados na Zona Sul nesta 3ª

Publicado em quarta-feira, agosto 21, 2013 ·

gasolinaO Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis e Derivados de Petróleo no Estado da Paraíba (Sindipetro-PB) informou nesta quarta-feira (21) que os postos de gasolina da Capital podem passar a fechar a partir das 18h. A decisão foi tomada após a verificação da crescente violência e assaltos ocorridos em João Pessoa.  Os postos atingidos seriam principalmente os da zona sul e centro.

 

Ainda segundo o Sindipetro, só ontem foram dez assaltos a postos nas regiões que compreendem Ernesto Geisel até Castelo Branco (zona sul da cidade).

 

“Durante muito tempo os empresários tentaram colaborar com a segurança. Mas agora não há mais como continuar. Queremos uma resposta mais efetiva do poder público. Fizemos investimento em segurança eletrônica, temos colaborado com as autoridades, mas passou a ser algo constante não estamos enxergado a reciprocidade do poder público”, informou a assessoria do Sindipetro.

 

Questionado sobre qual a “resposta” esperada pelos postos a ser dada pelo Poder Público, o Sindipetro informou que “a Polícia tem que dar segurança não só aos cidadãos, mas também ao comércio. Queremos policiamento ostensivo e mais segurança nos estabelecimentos”, frisou a assessoria.

 

Segundo o presidente do Sindipetro, Omar Hamad, a decisão publicizada nesta quarta de fechar os postos a partir das 18h, principalmente nas áreas críticas (seriam os bairros dos Bancários, Mangabeira, Cristo, Valentina, José Américo, Cruz das Armas e Centro) seria uma sugestão e uma tendência.

“A maioria dos postos funcionava 24 horas e já pararam de funcionar assim. Mais de 70% dos postos estão funcionando hoje até às 22h. Agora eles querem reduzir até as 18h. A gente entende que não é possível mais ter um caixa eletrônico e o modos operandi dos bandidos não liga mais se tem câmera gravando tudo. Queremos mais segurança. Como o Poder Público irá fazer para nos dar isso, não sei. Estamos até dispostos a fazer uma parceria pública privada. Estamos abertos a negociação”, explicou Hamad.

Na grande João Pessoa são 144 postos, nessas áreas críticas concentram-se cerca de 50. Ao todo o sindicato reúne 102 donos de postos.

 

Paulo Dantas

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627