Doenças relacionadas ao tabagismo mataram de mais de 2,5 mil pessoas na Paraíba

Publicado em domingo, agosto 28, 2011 ·

cigarroAs doenças relacionadas ao tabagismo, a exemplo da diabetes, doenças cardiovasculares, cerebrais, câncer de pulmão, dentre outras causaram a morte 2.560  pessoas na Paraíba durante o ano passado. Somente em João Pessoa foram 498 óbitos. Cerca de 90% do câncer de pulmão é causado pelo tabagismo.  A Paraíba possui hoje 511.480 fumantes e na Capital esse número chega 99.720.

Em 2010 o câncer de pulmão matou 244 pessoas na Paraíba; a neoplasia de laringe levou a óbito 57 pessoas e câncer de esôfago foi o responsável pela morte 83 pessoas, totalizando 384 óbitos. Até julho desse ano essas três neoplasias já mataram 206 pessoas; sendo 117 de câncer de pulmão, 36 de laringe e 53 de esôfago.

Para alertar sobre essas doenças Governo do Estado e o município de João Pessoa elaboram uma vasta programação para o Dia Nacional de Combate ao Fumo que será lembrado no próximo dia 29. As atividades serão centralizadas principalmente nas escolas.  Durante a semana passada aconteceram palestras, exibição de filmes e apresentação de peças teatrais sobre o tabagismo e foram proferidas por educadores e nutricionistas que integram o Grupo João Pessoa Vida Saudável de João Pessoa.

Nesta segunda-feira (29), Dia Nacional de Combate ao Fumo, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) levará ações educativas e preventivas a sete escolas das redes de ensino estadual e municipal em João Pessoa. Neste ano, o foco da campanha contra o tabagismo são os jovens, que se tornaram alvo das empresas fabricantes de cigarro. A novidade do mercado para atrair esse público são os cigarros aditivados, com sabores, filtros coloridos e decorados.

“Muitos dos jovens acabam começando o vício só por curiosidade, para saber que gosto tem qual a sensação que provocam ou mesmo porque acham diferente ou bonito. Se a pessoa não tiver a consciência formada sobre os danos que o cigarro causa, facilmente é iniciada no vício”, alerta a enfermeira do Registro de Câncer de Base Populacional do Núcleo de Doenças e Agravos não Transmissíveis da SES, Vanja Lemos.

Programação – Na manhã da segunda-feira, o encerramento da semana de atividades acontecerá no Liceu Paraibano, com duas palestras, exibição de filmes e uma peça teatral. As escolas municipais que estão recebendo as ações são Paulo Freire (Jardim Veneza), Durmeval Trigueiro (Rangel), Virgínius da Gama e Melo (Mangabeira), Senador Ruy Carneiro (Mandacaru) e Nazinha Barbosa (Manaíra). As escolas estaduais são Alice Carneiro (Manaíra) e Liceu Paraibano (Centro).

Às 14h30, no Hotel Caiçara, haverá palestra sobe tabagismo destina a profissionais de saúde e usuários da Maternidade Frei Damião e do Hospital Clementino Fraga. A palestra também contará com a presença de representantes de integrantes das Secretarias Municipal e Estadual de Saúde, Vigilâncias Sanitárias de Cabedelo e Campina Grande, Procons de João Pessoa e Cabedelo e o Procon Estadual. A SES sugeriu às 12 gerências regionais de saúde do Estado que promovam eventos alusivos ao Dia Nacional de Combate ao Fumo.

Rede de tratamento – A SES capacita profissionais dos Centros de Tratamento do Fumante (CTF) em 37 municípios. Os CTFs funcionam nos Centros de Tratamento Integral à Saúde (Cais). Só em João Pessoa, são cinco deles nos bairros do Cristo, Mangabeira, Jaguaribe, Mandacaru e Rangel.

Os hospitais de referência no Estado no combate aos tipos de câncer relacionados ao uso do tabaco – pulmão, esôfago e laringe – são o Napoleão Laureano, Oncoclínica e Hospital Universitário Lauro Wanderley, em João Pessoa, e Hospital da Fundação Assistencial da Paraíba (Fap) e Hospital Universitário Alcides Carneiro (HUAC), ambos em Campina Grande.

Hospital Clementino Fraga promoverá palestra

Na mesma programação do Dia Nacional de Combate ao Fumo, o Complexo Hospitalar Clementino Fraga realizará na segunda-feira (29), às 15h, uma palestra sobre tabagismo e suas conseqüências à saúde. O evento será realizado no auditório.

A palestra será ministrada pela psicóloga Maria da Guia Machado Costa, do Núcleo de Doenças e Agravos Não Transmissíveis, da Secretaria de Estado da Saúde.

Na explanação, direcionada principalmente aos adolescentes fumantes, o tabagismo será tratado como doença. As formas de tratamentos também serão abordadas.

O Complexo Hospitalar Clementino Fraga fica na Rua Ester Borges Barros, s/n, no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa.

Paraíba.com.br

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627