Detentas morrem carbonizadas em rebelião na cidade de Campina Grande

Publicado em sexta-feira, Janeiro 6, 2012 ·

Duas detentas morreram carbonizadas na tarde dessa quinta-feira (5), durante rebelião no presídio feminino de Campina Grande.
A pernambucana Ioniele da Silva, 21, e Tamires Faustino Pianes, 24 anos natural de São Paulo cumpriam pena por tráfico de drogas.
Segundo informações da jornalista Ana Paula, TV Correio de CG, as presidiárias atearam fogo em colchões e duas presas que estavam no isolado morreram queimadas. Algumas ficaram feridas, mas foram medicadas e em seguida liberadas.

casos de policiaDe acordo com a polícia, as mulheres promoveram um quebra-quebra generalisado em algumas celas. O Corpo de Bombeiros foi acionado e conseguiu debelar as chamas.

A Polícia Militar esteve no local e conteve os ânimos das presidiárias.
Agentes penitenciários não quiseram se pronunciar, mas se limitaram a informar que a diretora do presídio está em reunião.
Equipes da Polícia Civil realizaram perícia nas dependências do presidio.


Hyldo Pereira
Do Portal Correio
Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br