Depois de professores, agora são os servidores e técnicos administrativos da UFPB que aderem a greve

Publicado em segunda-feira, junho 11, 2012 ·

Os servidores e técnicos administrativos da Universidade Federal da Paraíba decidiram aderir ao movimento paredista desencadeado pelos professores federais e também entraram em greve por tempo indeterminado a partir desta segunda-feira (11). Com a decisão, ficarão sem funcionar o Hospital Universitário de João Pessoa e ainda o Restaurante Universitário e a Biblioteca Central.

A greve dos servidores e funcionários é em protesto contra a MP 568 que foi publicada com a intenção de cumprir acordos salariais, no entanto, essa MP traz, por exemplo, a alteração da forma de pagamento de insalubridade e periculosidade. As mudanças trazem prejuízos irreparáveis para a categoria, segundo os servidores.

A greve dos servidores acontece 26 depois de deflagrada a greve dos professores da UFPB.

PB Agora

Comentários

Tags : , , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627