Denúncia: Caixa Econômica de Bananeiras exige seguro de vida para liberar beneficio social, diz cliente

Publicado em segunda-feira, janeiro 14, 2013 ·

O Bananeiras Online recebeu um email de um amigo e leitor do portal sobre um fato que aconteceu com sua mãe na Caixa Econômica Federal, onde pediu para não ter seu nome revelado, veja o que ele relatou:

Segundo o filho da vítima, na ultima quinta-feira (10) sua mãe foi procurar a Caixa Econômica Federal, agência de Bananeiras-PB, para fazer o saque do benefício social, na agência, ela foi orientada a fazer um seguro de vida, segundo informações da funcionária da caixa, este seguro seria necessário, pois do contrário ela não receberia o benefício. Em plena atitude de confiança na funcionária, ela fez o seguro acreditando ser uma operação obrigatória para sacar o benefício.

Ao ser informado desse fato, no dia seguinte, seu filho dirigiu-se a agência para solicitar explicações, a princípio o gerente em exercício lhe ofereceu uma acareação entre a funcionária e sua mãe pra que a verdade viesse à tona, visto que o próprio gerente não aceitaria tal atitude vinda de seus funcionários, no desenrolar dos fatos, o gerente chamou a funcionária para falar em particular, quando ele volta da conversa, seu discurso muda, segundo o filho da vitima, o gerente disse que a funcionária afirmou que não tinha dito que seria uma condição fazer o seguro de vida, apenas orientou a fazê-lo, e o gerente disse mais: “A senhora assinou de livre e espontânea vontade, será sua palavra contra a da funcionária”, e para minha surpresa, disse o filho, o gerente não permitiu a acareação que ele mesmo havia sugerido.

Palavras do filho da vítima

Estou indignado com a atitude tomada pela Caixa Econômica Federal de Bananeiras, fiz um boletim de ocorrência junto à polícia civil, prestei reclamação junto à ouvidoria da Caixa, e estou divulgando este fato na imprensa, pois minha maior preocupação é que outras pessoas não passem problemas dessa natureza como minha mãe passou.

Gente, quem é a pessoa que vai sacar um benefício social, que já é muito pouco, se interessa de livre e espontânea vontade em fazer um seguro de vida? Isso é um insulto à inteligência de qualquer pessoa.

O pior que a coisa é feita de modo que deixa o cliente sem condições de pleitear judicialmente seus direitos, sob a alegação de não haver provas documentais da coação, ficando apenas a palavra da funcionária contra a do cliente.

Não ter muito dinheiro, não é sinônimo de não ter conhecimento, posso não ter o dinheiro que muita gente tem, mas sou capaz de mudar muita coisa pelo meu conhecimento.

Meu coração chora só de imaginar o que pode acontecer dentro dos estabelecimentos financeiros com pessoas desprovidas de conhecimento, o quanto seus direitos são usurpados, o quanto são ludibriados, levados como ovelhas a matadouros, enganados por quem deveria articular o acesso aos seus direitos.

É desse modo que vergonhosa e inaceitavelmente temos sido tratados pelos diversos segmentos financeiros.

O Bananeiras Online, no uso da democracia, oferece o direito de resposta à Caixa Econômica Federal de Bananeiras-PB.

bananeirasonline

Comentários

Tags : , , , , , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627