Delegada desmente seqüestro e estupro de comerciária no Bairro de Novais

Publicado em segunda-feira, julho 22, 2013 ·

Casos de policiaA TV Arapuan conseguiu com exclusividade, nesta segunda-feira (22), informação da delegada da Mulher Maísa Felix sobre o seqüestro que aconteceu quinta-feira (18) onde uma comerciária de 19 anos teria passado 10 horas nas mãos de três bandidos. Segundo a delegada, era tudo mentira da comerciária. O suposto seqüestro foi manchete em jornais e TV do estado.

 

Ainda segundo informações da delegada, a jovem de 19 anos, tinha relacionamento com menor ( de 16 anos) do próprio bairro dos Novais. Na quinta-feira os dois resolveram passar o dia juntos na casa do menor. Só por volta das 17h foi que Natália percebeu que nas redes sociais o nome dela circulava como se estivesse desaparecida. Foi aí que ela inventou a farsa.

 

A jovem contou ainda que inventou a história porque tinha medo da mãe descobrir o caso – considerada muito enérgica pela garota. A delegada contou que desconfiou da história e já havia ouvido duas vezes a comerciária porque as informações eram desencontradas.

 

A comerciária agora vai responder pelo artigo 340, por falso testemunho.

A matéria foi ao ar no Programa Cidade em Ação, do Sistema Arapuan, comandado pelo jornalista Vinícius Henriques.

Paulo Dantas/Washington Luis

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br