Daniel Gonçalves e Pietros ‘são dois bandidos’, diz Tião Gomes; ‘oposição quer dividentos eleitorais’

Publicado em quarta-feira, dezembro 7, 2011 ·

tião gomeO deputado Tião Gomes (PSL) criticou nesta quarta-feira, 7, a iniciativa da oposição em instalar uma CPI para apurar supostas irregularidades na aquisição de livros didáticos por parte da prefeitura de João Pessoa, tomando como fator determinante denúncias feitas pelo empresário Daniel Gonçalves. “Esse Daniel e o seu sócio Pietros são dois bandidos entre aspas, e a Assembleia não é delegacia de polícia”, disse o deputado.

Segundo Tião Gomes, os deputados Anísio Maia e Aníbal Marcolino, defensores da CPI estão querendo obter dividendos eleitorais. “Alguns deputados esqueceram que não são mais vereadores e estão querendo tirar proveito eleitoral nas próximas eleições”, declarou Gomes.

Segundo o deputado, a denúncia de irregularidades na aquisição de livros por parte da prefeitura de João Pessoa, é “assunto para a Câmara de Vereadores e não da Assembleia”, disse Tião Gomes.

João Costa

Paraíba.com.br

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627