Damião faz de bicicleta, “ofusca” Ronaldinho e dá empate ao Inter

Publicado em domingo, agosto 21, 2011 ·

fla ronaldoRonaldinho Gaúcho era o protagonista da partida deste domingo no Beira-Rio até os 30min do segundo tempo, quando o Flamengo vencia o Internacional por 2 a 1 e poderia ter feito o terceiro se Deivid não perdesse um gol incrível na pequena área. Leandro Damião, até então apagado, apareceu para marcar um golaço de bicicleta aos 34min e ajudasse o time gaúcho, com um homem a menos, a buscar um empate por 2 a 2 e aumentar a série sem vitórias dos cariocas nesta 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Ronaldinho, que não enfrentava o Inter desde a final do Mundial de Clubes de 2006 quando vestia a camisa azul e grená do Barcelona, abriu o placar de falta aos 25min para o Fla. O Inter, que perdeu Guiñazú expulso, voltou mais ofensivo para o segundo tempo e chegou a igualar com Índio aos 6min da etapa final, mas o atacante Jael tratou de encaminhar os rubro-negros à vitória após sair do banco e desempatar aos 15min. Damião, então, deu números finais ao marcador e um ponto aos anfitriões ao finalizar de bicicleta, depois de levantamento de Dellatorre aos 32min.

O empate fez com que o Flamengo acumulasse a terceira partida consecutiva sem vitórias, sendo dois empates (contra Figueirense e Inter, ambos por 2 a 2) e uma derrota, por 4 a 1, para o Atlético-GO. Além disso, o time rubro-negro desperdiçou a chance de chegar aos mesmos 37 pontos do líder Corinthians: ficou com 35, ainda no segundo lugar.

Enquanto isso, o Internacional aumentou sua série invicta no Brasileiro para quatro jogos, mas se distanciou da zona de classificação para a próxima Copa Libertadores da América. A equipe gaúcha de Dorival Júnior chegou aos 27 pontos e ficou com quatro a menos que o Botafogo, quinto com 31.

Na volta a Porto Alegre, Ronaldinho não se intimidou com as vaias que recebeu da torcida colorada desde o início da partida. Solto, o meia revelado pelo Grêmio foi bastante perigoso à defesa do Inter, e logo aos 4min assustou o goleiro Muriel: após desatenção da zaga, o camisa 10 do Fla ganhou na corrida do lateral Nei e tocou por cobertura, acertando a barra de ferro atrás do travessão.

Diante de um Inter que tinha claras dificuldades para superar o meio de campo rubro-negro, os visitantes conseguiram ir para o intervalo em vantagem justamente em um lance característico de Ronaldinho: uma cobrança de falta cometida por Tinga em Willians. Apesar da posição desfavorável, no canto direito do ataque flamenguista, o camisa 10 cobrou bem, baixo, tirando da barreira e do alcance de Muriel.

Durante o primeiro tempo, o Inter desperdiçou duas chances que teve dentro da área do Fla, com dois argentinos se atirando na área e tentando simular um pênalti, de acordo com a interpretação do árbitro Francisco Carlos Nascimento. Primeiro foi D¿Alessandro, aos 37min, punido com o amarelo. Já nos acréscimos, o volante Guiñazú, que já havia sido amarelado por falta, caiu depois de um choque na área e recebeu o vermelho do juiz. Antes do intervalo, Deivid ainda assustou Muriel com um chute de fora da área, que passou perto.

Apesar da expulsão de Guiñazú, o placar adverso em casa fez Dorival Júnior arriscar na volta para o segundo tempo: ele sacou Tinga, único volante do esquema, e promoveu a entrada do meia Andrezinho, além de trocar Jô por Dellatorre no ataque. A postura do treinador foi premiada com o empate em poucos minutos: aos 6min, após jogada de escanteio, Leandro Damião desviou de letra e deixou o zagueiro Índio para chutar firme e alto, sem chances para Felipe.

Luxemburgo também não deixou por menos a ousadia do Inter: após sofrer o empate, o treinador fez duas mudanças no Flamengo ao tirar Luiz Antônio e colocar Muralha, além de trocar o meia argentino Bottinelli pelo atacante Jael. E o recém-contratado do setor ofensivo rubro-negro se mostrou ainda mais talismã ao marcar o segundo dos visitantes aos 15min, de pé esquerdo na marca do pênalti, após bola que passou por Ronaldinho antes de ser cruzada rasteira na área por Junior Cesar.

O Flamengo teve uma ótima oportunidade para sacramentar a vitória aos 30min, quando Léo Moura levantou da direita e Deivid, sozinho na pequena área, cabeceou ao lado do gol. O camisa 9 se revoltou sozinho ao perder a oportunidade incrível, e certamente seu remorso aumentou dois minutos depois, quando Andrezinho fez boa jogada pela direita e colocou na área. Dellatorre tocou alto e Damião empatou de bicicleta, dando números finais ao marcador.

O Inter, agora, volta suas atenções para a segunda partida da Recopa Sul-Americana: a equipe gaúcha recebe na quarta-feira , às 21h50 (de Brasília) o Independiente e precisa reverter a derrota por 2 a 1 sofrida na partida de ida, na Argentina. Já o Flamengo medirá forças nos mesmos dia e horário com o Atlético-PR na Arena da Baixada pela volta da primeira fase da Copa Sul-Americana, tendo a seu favor a vitória por 1 a 0 obtida no primeiro jogo.

Já pelo Brasileiro, os times entram em campo na última rodada do primeiro turno em clássicos regionais, marcados para domingo. O Inter fará o clássico Gre-Nal com o arquirrival Grêmio, enquanto o Flamengo atuará contra o embalado Vasco da Gama. Os dois jogos estão inicialmente agendados para as 16h (de Brasília).

Terra

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627