Criança está grávida e acusa primo de ter abusado dela em Dona Inês

Publicado em sexta-feira, agosto 30, 2013 ·

Uma menina de apenas 12 anos de idade está grávida e acusa o próprio primo de ter abusado sexualmente da mesma durante os festejos juninos na cidade de Dona Inês, no interior paraibano.

Conselheiros/Foto: Edu Chaves/Portalmidia

O caso só veio a tona agora porque a adolescente passou mal e foi levada para o hospital, onde ficou constatado depois de um exame de sangue, que a mesma está grávida de pouco mais de dois meses.

A nossa equipe esteve na sede do Conselho Tutelar da cidade e conversou com o conselheiro Cícero Édson. Ele disse que foi procurado pela família da vítima e juntamente com os conselheiros Maria da Vitória (presidente), Ana Lúcia e Dedé Borges, encaminharam o caso para a delegada Paula Monalisa, que já intimou o acusado Marcelo Borges da Silva, 26 anos. Na delegacia, o acusado confessou ter praticado sexo com a menor, dizendo que só o fez porque teve o consentimento da mesma.

Marcelo Borges - Acusado

Em entrevista à nossa equipe, o acusado disse que mesmo sendo primo da vítima, não tinha aproximação com ela e que a menor lhe provocou por várias vezes lhe chamando de “bicha”. Ele disse ainda que estava em São Paulo, onde reside atualmente, e que ao tomar conhecimento dos comentários que a menor estava grávida e que o filho era dele, resolveu vir para Dona Inês para resolver a situação e assumir suas responsabilidades.

Nós também fomos à residência da menor e conversamos com o seu pai, Marcelo Serafim de Melo, de 32 anos. Ele disse que a sua filha foi seduzida pelo acusado e que espera que a justiça seja feita e que Marcelo Borges pague pelo que fez com a menor.

Por fim, nós conversamos com a menor vítima do estupro. Ela contou que o abuso aconteceu no mês de junho, durante os festejos juninos da escola onde estuda. De acordo com ela, o acusado lhe ofereceu uma pastilha e a chamou para ficarem juntos num lugar mais afastado da festa. Lá ele teria lhe prometido levar para São Paulo e durante o “fica” começou a tirar a sua roupa. Mesmo ela pedindo para que não fizesse aquilo, ele não parou e acabou consumando o abuso a estuprando.

 

por Juka Martins

Bananeiras Online com Portal Mídia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br