Conselho de Medicina apoia maior acesso à pílula do dia seguinte

Publicado em quarta-feira, abril 17, 2013 ·

pilula-dia-seguinteA ampliação do acesso à pílula do dia seguinte feita pelo Ministério da Saúde ganhou, nesta quarta-feira (17), o apoio do CFM (Conselho Federal de Medicina).

 

Matéria publicada pela Folha nesta quarta revelou que o ministério distribuiu 175 mil cartilhas à rede pública de saúde com orientações sobre a utilização do contraceptivo de emergência –trata-se do primeiro protocolo do governo sobre o tema.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

No livreto, a pasta diz que o comprimido pode ser entregue às mulheres pelos enfermeiros; ou seja, sem a necessidade de apresentação de uma prescrição médica.

O assunto foi discutido pelo plenário do CFM nesta quarta e ganhou o apoio de todos os conselheiros presentes. “É uma boa iniciativa do Ministério da Saúde, no sentido de que pode diminuir o número de óbitos que ocorrem por abortamentos clandestinos”, afirma Desiré Callegari, 1º secretário do conselho.

Uma resolução do CFM sobre o uso do contraceptivo de emergência, de 2006, cita que “cabe ao médico a responsabilidade pela prescrição do anticoncepção de emergência como medida de prevenção” à gravidez indesejada.

Para Callegari, porém, não é necessária uma alteração nessa regra, que pode vir a ser utilizada ao pé da letra quando melhorar o acesso ao médico na saúde pública.

Editoria de Arte/Folhapress

 

Folha.com

Comentários

Tags : , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627