Conselho de Ética da AL recebe pedido de cassação de Anísio Maia

Publicado em quinta-feira, junho 21, 2012 ·

 

O deputado estadual Anísio Maia (PT), que tirou licença pra ter um pouco mais de paz a fim de mergulhar na campanha de Luciano Cartaxo em João Pessoa, terá um presente desagradável para desembrulhar quando retornar à Assembleia.

O Sindicato dos Motoristas Municipais de Sousa e Micro Região, que tem Gervásio Bernardo, ex-presidente do PT de Sousa, como presidente, protocolou nesta quarta-feira representação no Conselho de Ética da Assembleia Legislativa da Paraíba contra o deputado Anísio Maia, líder do PT na Casa.

A representação acusa Anísio de quebra do decoro parlamentar e sugere a cassação do mandato do petista com base em acusações de irregularidades na concessão de benefícios e créditos para pescadores paraibanos em troca de conquista de eleitores. A representação faz um histórico das denúncias contra Anísio quando ele foi Superintendente Regional da Pesca na Paraíba e alega que, depois de indicar o seu sucessor na pasta, o parlamentar continua influenciando no órgão.

“A realidade é que o deputado (Anísio) utiliza-se de seu cargo parlamentar para induzir, influenciar e permanecer coordenando o cadastramento de pescadores nos programas federais, conforme fazia quando efetivamente comandava o aludido órgão, mantendo assim sua atividade atentatória à legalidade, à moralidade e à ética que deve reger o serviço público”, diz a representação, que também sustenta a tese d que Anísio pode responder no Conselho de Ética mesmo estando afastado do mandato.

Gervásio Bernardo já levou denúncia semelhante ao Ministério Público Federal. Anísio Maia nega as acusações e ameaçou processar seu acusador.

As denúncias sobre seu exercício à frente da Superintendência da Pesca na Paraíba estão sendo conduzidas pelo procurador federal Werton Magalhães.

Em contato com o blog, o deputado Anísio Maia ratificou que as acusações são infundadas, disse não temer a representação no Conselho de Ética e declarou que já processou Gervásio Bernardo, citando-o em ação penal por calúnia. O processo corre na 1ª Vara Criminal e já realizou a primeira audiência.

Fonte: http://www.luistorres.com.br/novo/post?id=11370

Comentários

Tags : , , , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627