pandemia

Com medo da Ômicron e influenza, 46 municípios cancelam carnaval 2022 na Paraíba

Publicado em terça-feira, Janeiro 11, 2022 ·

O medo de propagação da variante Ômicron, e o surgimento da combinação entre influenza e Covid-19, levaram dezenas de prefeituras a cancelar o carnaval de 2022.  Na Paraíba, pelo menos 46 cidades já anunciaram a suspensão da festa de momo este ano, conforme informações repassadas pelos gestores a Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup).

O presidente da Famup, George Coelho, destacou a importância do gesto dos gestores e classificou como sábia a decisão tomada para conter o avanço do vírus. Ele afirmou que o cancelamento do carnaval é fundamental para seguir as recomendações da ciência.
George Coelho destacou que a vacinação vem avançando e que os gestores têm feito o dever de casa, seguindo todas as medidas sanitárias para combater o vírus e a nova gripe.

“O momento ainda é de priorizarmos a questão sanitária. Não podemos colocar em risco a vida das pessoas”, disse.

Segundo ele, a Famup tem dialogado com os gestores sobre o tema, pedindo cautela quanto à realização das festividades. Para George Coelho, é fundamental que as decisões nos municípios sejam tomadas em conjunto com as autoridades sanitárias até mesmo para elaboração de um protocolo rígido de combate a proliferação dos vírus da covid-19 e da gripe.

Até o momento, anunciaram o cancelamento do carnaval, as cidades de Curral de Cima; São João do Rio do Peixe;  Emas, Piancó; Cuité, Capim, Princesa Isabel, Mulungú, Sumé, Várzea, Barra de São Miguel,  Boa Ventura, Soledade, Caiçara, Tavares, Santa Cruz, Olivedos, Santana dos Garrotes, Igaracy, Cacimba de Areia, Teixeira, Umbuzeiro, Aparecida, Jacaraú, Ingá, Riachão do Bacamarte, Cabedelo, São José de Caiana,  Baía da Traição, Vieirópolis, Boqueirão,  Ouro Velho, São José de Princesa, Santa Cecília, Casserengue, Areia, Itabaiana, São José da Lagoa Tapada, Barra de Santana, Santa Helena, Pedra Branca, Belém do Brejo do Cruz,Salgado de São Félix, São José do Bonfim e São Mamede.

Em João Pessoa, a festa pública foi cancelada nas ruas, mas deve ser realizada em ambiente fechado. Os planos do prefeito Cícero Lucena (Progressistas) é promover o Folia de Rua e o Carnaval Tradição no Espaço Cultural, onde, em tese, seria possível seguir protocolos sanitários como a cobrança do passaporte da vacina e exigir o uso de máscara.

Conde – O último município a anunciar o cancelamento das festas de Carnaval deste ano, devido ao aumento dos casos de Covid-19 e influenza, foi Conde. A cidade, que fica no litoral Sul da Paraíba, reúne centenas de foliões todos os anos em suas praias. Este é o segundo ano consecutivo que o município não realiza festejos carnavalescos.

Severino Lopes
PB Agora

 

 

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br