Com gol polêmico de Lima, CRB bate o Campinense e se aproxima do Bahia

Publicado em quinta-feira, Fevereiro 19, 2015 ·

O CRB conquistou sua primeira vitória no Nordestão. Jogando nesta quinta-feira no Estádio Rei Pelé, o Galo não empolgou sua torcida, mas derrotou o Campinense por 1 a 0 e chegou a cinco pontos na classificação do Grupo E, mantendo o segundo posto. O único gol do jogo foi marcado aos 32 minutos da primeira etapa, pelo centroavante Lima, que, após cobrança de escanteio, deslocou a marcação e cabeceou para a rede da Raposa. O lance causou muita polêmica e o próprio atacante do Galo admitiu que a jogada foi confusa.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

– O árbitro estava encoberto, acabei tocando o adversário e fiz o gol. O resultado foi importante. Precisávamos muito dos três pontos, até porque o Bahia venceu e agora o CRB encostou, assegurando a segunda colocação – declarou Lima.

CRB x Campinense, no Rei Pelé (Foto: Ailton Cruz/ Gazeta de Alagoas)CRB x Campinense, no Rei Pelé (Foto: Ailton Cruz/ Gazeta de Alagoas)

O técnico Francisco Diá reclamou do gol regatiano e admitiu que a situação da Raposa está complicada. Com apenas um ponto, a Raposa segura a lanterna da chave e vai tentar definir sua sorte no segundo jogo contra o CRB no dia 4 de março, às 21h45, em Campina Grande.

– A gente teve uma boa participação no jogo, mas faltou o gol. O árbitro também dificultou. Eu não vi o lance do gol (do CRB), mas os jogadores passaram para mim que empurraram o Marcão. Poderíamos ter saído de campo pelo menos com um empate. Ficou muito difícil a classificação, mas, enquanto der, vamos lutar – comentou o treinador.

Gol e muita reclamação

O CRB começou o jogo com dificuldades na marcação pelas laterais. Pirão dava muito espaço na esquerda e por pouco o Campinense não aproveitou. Aos sete minutos, Alvinho passou com facilidade pelo lateral e bateu fraco. Julio Cesar soltou e Reginaldo perdeu ótima chance, parando no goleiro do CRB.

O problema na lateral foi detectado pelo técnico Ademir Fonseca, que sacou Pirão e apostou em João Victor em 25. No primeiro lance, o camisa 6 perdeu uma bola no campo ofensivo e, no contra-ataque, Reginaldo acertou a trave do Galo. Parecia que a noite era da Raposa. Parecia.

Em dificuldade na partida, o CRB achou um gol aos 35 minutos. Morais cobrou escanteio pela direita, o goleiro Marcão soltou e Lima testou para a rede. Os jogadores do Campinense reclamaram muito do lance, alegando falta no goleiro, mas o árbitro nada marcou.

Mais confiante, o CRB melhorou. O time fez linda trama com Morais, de letra, João Victor e Fernando, que bateu da área e obrigou o goleiro do Campinense a pratica linda defesa.

Expulsão no segundo tempo

O Galo foi mais cauteloso no segundo tempo. O time recuou, a Raposa ficou mais com a bola, mas tinha muitas dificuldades para criar as jogadas. A partida ficou feia, muito disputada na intermediária. Sobravam faltas e jogadas mal feitas.

Aos 41 minutos, Leandro Santos acertou Douglas Packer, que havia entrando na etapa final no lugar de Fernando, e foi expulso de campo. Com um homem a mais, o CRB apenas administrou o resultado até o fim da partida.

 

Globoesporte.com

Comentários

Tags : , , , , , ,

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627