Clube Militar critica “O Globo” por classificar seu apoio à ditadura como “erro”

Publicado em quinta-feira, setembro 5, 2013 ·

O Clube Militar, organização que reúne ex-militares e oficiais da Marinha, Exército e polícia, divulgou uma nota nesta quinta-feira (4/9, intitulada “Equívoco, um ova!”, criticando o editorial “Apoio editorial ao golpe de 64 foi um erro”, do jornal O Globo, publicado em 31 de agosto desse ano.
Crédito:Divulgação
Clube Militar criticou as desculpas de jornal por apoiar o golpe de 64

De acordo com a Revista Fórum, o jornal carioca disse no texto que “as Organizações Globo reconhecem que, à luz da História, esse apoio [ao golpe militar] foi um erro”.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O Clube Militar classificou em seu texto a mudança de posicionamento do jornal como “drástica” e condenou a publicação por chamar seu apoio ao golpe, cujo texto chama de Revolução de 64, como “equívoco redacional” dizendo que isso é uma “mentira deslavada”.
“Pressionado pelo poder político e econômico do governo, sob a constante ameaça do controle ‘social da mídia’ – no jargão politicamente correto que encobre as diversas tentativas petistas de censurar a imprensa – o periódico sucumbiu e renega, hoje, o que defendeu ardorosamente ontem”, diz o texto.
“Não se trata de posição equivocada ‘da redação’, mas de posicionamento político firmemente defendido por seu proprietário, diretor e redator chefe, Roberto Marinho, como comprovam as edições da época; não foi, também, como fica insinuado, uma posição passageira revista depois de curto período de engano, pois dez anos depois da revolução, na edição de 31 de março de 1974, em editorial de primeira página, o jornal publica derramados elogios ao Movimento; e em 7 de abril de 1984, vinte anos passados, Roberto Marinho publicou editorial assinado, na primeira página, intitulado ‘Julgamento da Revolução’, cuja leitura não deixa dúvida sobre a adesão e firme participação do jornal nos acontecimentos de 1964 e nas décadas seguintes”, acrescenta.
“Equívoco, uma ova! Trata-se de revisionismo, adesismo e covardia do último grande jornal carioca. Nossos pêsames aos leitores”, conclui o Clube Militar.
 Portal IMPRENSA

Comentários

Tags : , , , , ,

REDES SOCIAIS


















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br