Cid diz que disputa com PT em Fortaleza não prejudicará apoio a Dilma

Publicado em segunda-feira, outubro 8, 2012 ·

O governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), negou na noite deste domingo (7) que a disputa entre PT e PSB no segundo turno em Fortaleza tenha reflexos na aliança pela reeleição de Dilma Rousseff em 2014.

“Temos o desejo de disputar a presidência da República, mas penso eu que não deve ser em 2014”.

Cid fez a declaração no comitê de Roberto Claudio, candidato do PSB que disputará a prefeitura contra Elmano de Freitas (PT), que ficou em primeiro lugar, com 25% dos votos válidos, contra 23% do socialista.

O governador voltou a afirmar que a aliança com o PT será mantida em nível nacional e no Estado –na capital, o socialista rompeu com a prefeita petista Luizianne Lins.

Ele disse que irá intensificar a campanha ao lado de Claudio e elogiou o desempenho do candidato no primeiro turno.

“Eu dei minha contribuição, mas o mérito é do Roberto Cláudio. Ele tem talento e é o mais preparado”. Além de Cid, o irmão Ciro Gomes também compareceu ao comitê para parabenizar o candidato.

Claudio disse que irá procurar os partidos dos demais candidatos a partir desta segunda (8) em busca de apoio, principalmente Heitor Férrer (PDT), que teve 21% no primeiro turno e chegou em terceiro.

Sobre a eventual presença do ex-presidente Lula no segundo turno, ele evitou polemizar. “Isso é uma decisão interna do PT e do ex-presidente Lula”.

Folha

Comentários

Tags : , , , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627