Cícero Lucena: ‘Sou pré-candidato a Prefeitura de João Pessoa e Cássio vai votar em mim’

Publicado em sexta-feira, setembro 16, 2011 ·

cícero

O senador Cícero Lucena (PSDB) disse na tarde desta sexta-feira (16) que é pré-candidato a Prefeitura de João Pessoa e adiantou que o ex-governador Cássio Cunha Lima o apoiará como candidato. “Sou pré-candidato a Prefeitura de João Pessoa e Cássio, como meu partidário, vai votar em mim. Cássio disse isso a mim e a imprensa.”

Questionado se Cássio poderia romper com o governador Ricardo Coutinho (PSB), o tucano disparou: “Se dependesse da minha votade, ele já teria feito isso.”

Sobre a possível falta de solidariedade a Cássio no Senado, Cícero foi enfático. “Quando Cássio foi cassado, quem primeiro subiu na Tribuna do Senado fui eu. Não será um pronunciamento que vá fazer o Supremo agilizar a situação. Serão procedimentos jurídicos e os advogados de Cássio já estão cuidando disso.”

Sobre a relação dele com o ex-governador José Maranhão, Cícero falou que estão bem mais próximos, mas negou que tenha feito algum acordo com o peemedebista.

“Tenho tido convivência direta com a oposição, inclusive com Zé Maranhão, porque em momento algum aceitei as administrações que se encontram na prefeitura da capital e no Governo do Estado. Não tenho acordo com Maranhão, temos apenas o mesmo sentimento de oposiçao.” declarou Cícero.

O senador ainda alfinetou a administração de Luciano Agra a frente da prefeitura da cidade mais importante do Estado. “A Prefeitura de João Pessoa é a secretaria de 5º escalão do Governo do Estado.”

Cícero Lucena ainda comentou sobre a polêmica envolvendo o nome do deputado federal Manoel Júnior (PMDB) de não assumir o Ministério do Turismo. “Foi um assunto muito comentado em Brasília. Liguei para Manoel Júnior e o orientei para entregar um DVD com todo material à Dilma. Lamento profundamente essa atitude de queimarem um paraibano, porque seria muito bom para nosso Estado se ele tivesse assumido o Ministério.”

O tucano ainda não deixou de alfinetar a gestão pactuada do Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, na Capital, com a Cruz Vermelha do Brasil. “Me mostre uma licitação da Cruz Vermelha com os produtos do Trauma? Quem me garante que os equipamentos não estão sendo comprados a um dos donos da Cruz Vermelha ou a algum apadrinhado do prefeito ou do governador?” finalizou.

A entrevista foi dada no programa radiofônico Correio Debate, na 98 FM.

Felipe Silveira/Portalcorreio

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br