Chove quase 200 mm, 180% a mais que o esperado; 2 mil podem estar desabrigados

Publicado em quarta-feira, setembro 4, 2013 ·

Emerson Machado
Emerson Machado

A Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa) informa que choveu 188 mm em João Pessoa, entre as 14h da terça-feira (3) e as 5h da manhã de quarta-feira (4). De acordo com o órgão, o número é 180% maior que a média prevista para todo o mês de setembro na Capital.

Foram 15 horas de chuvas ininterruptas na Grande João Pessoa. Os problemas acarretados com o intenso volume pluviométrico provocaram congestionamentos e alagamentos em praticamente todas as principais vias de acesso da Capital, além de deixar pelo menos duas mil famílias desabrigadas e causar o deslizamento de uma barreira na comunidade São Rafael, no bairro Castelo Branco.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil da Capital, Nóe Estrela, todas as casas localizadas em comunidades ribeirinhas de João Pessoa, como no bairro São José, estão muito alagadas. Ele lembra que os dados iniciais mostram que pelo menos mil pessoas podem estar desabrigadas só na Capital. Noé diz que todas as equipes da Defesa Civil estão trabalhando nos pontos mais críticos, como Colinas do Sul, Tito Silva (Miramar) e Mandacaru. São 31 áreas de risco, com uma população pouco maior que 50 mil pessoas.

Em situações de emergência, a Defesa Civil Municipal deve ser acionada através do telefone gratuito 0800 285 9020. Os plantonistas do órgão afirmam que não há informações sobre pessoas feridas com as ocorrências da madrugada chuvosa.

A Polícia Rodoviária Federal informa que foram registrados nove acidentes, com três feridos, até o começo da manhã desta quarta, nas rodovias federais que cortam a região metropolitana de João Pessoa.

A PRF também alerta os motoristas para que tenham cautela ao passar pela BR porque o trânsito está lento, depois da liberação do trecho próximo a comunidade São Rafael no Castelo Branco, onde houve um deslizamento de barreira.

Em caso de emergências, o número da PRF é 191.

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana da Capital (Semob) também monitora pontos alagados que estão atrapalhando o trânsito de João Pessoa. Alguns acessos estão com tráfego de veículos lento nesta manhã de quarta, como um dos acessos que liga os bairros Valentina e Mangabeira, onde um carro ficou preso dentro da água, rotatórias dos Bancários e da Beira Rio, avenida João Machado no Centro. A Semob interditou as vias localizadas nas imediações da barreira do Cabo Branco e do Farol.

A Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil (Compdec) está alerta e as 31 áreas consideradas de risco também estão sendo monitoradas pela Prefeitura de João Pessoa.

Áreas como a comunidade do Timbó (nos Bancários) e Saturnino de Brito (Varadouro), consideradas de risco, receberam investimentos recentes em obras da Prefeitura para evitar problemas nos períodos de chuva. Trata-se do Plano de Contingência, executado pela Defesa Civil em parceria com a Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur); Guarda Municipal; e as secretarias de Infraestrutura (Seinfra), Meio Ambiente (Semam), Desenvolvimento Urbano (Sedurb), Desenvolvimento Social (Sedes) e Saúde (SMS).

Previsão e pluviometria

Os dados oficiais da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa) com os índices registrados com as chuvas em João Pessoa só devem ser divulgados às 11h da manhã desta quarta-feira (4). Porém, o site Tempo Agora informa que houve 110 mm de pluviometria e mostra previsão de mais chuvas ao longo do dia. O site Clima Tempo também divulga que pode continuar chovendo na Capital.

Internautas

Os relatos dos problemas e incidentes enfrentados com as chuvas na capital paraibana são compartilhados pelas pessoas através das redes sociais.

Entre as publicações divulgadas ao longo da noite, os internautas mostraram o teto de uma faculdade que desabou, um poste que caiu no bairro dos Bancários (zona Sul), uma árvore que caiu sobre um caminhão e várias situações de alagamentos.

Acompanhe algumas publicações divulgadas pelos internautas com o registro dos problemas causados pelas chuvas.

Árvore cai em cima de caminhãoFoto: Árvore cai em cima de caminhão
Créditos: Gabriella Ferreira

 

Recados dos internautas no TwitterFoto: Recados dos internautas no Twitter
Créditos: Reprodução/Twitter

BancáriosFoto: Bancários
Créditos: Emerson Machado

Um poste caiu nos BancáriosFoto: Um poste caiu nos Bancários
Créditos: Emerson Machado

Engarrafamentos na BR 230Foto: Engarrafamentos na BR 230
Créditos: Emerson Machado

 

Teto de uma faculdade caiuFoto: Teto de uma faculdade caiu
Créditos: Emerson Machado

 

Ladeira do Valentina, onde um carro está boiandoFoto: Ladeira do Valentina, onde um carro está boiando
Créditos: Emerson Machado

 

Por Alisson Correia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627