Chove mais de 100 mm e PRF registra acidentes com mortes nas estradas da Grande JP

Publicado em sexta-feira, agosto 30, 2013 ·

Twitter bomboimjequiti
Twitter bomboimjequiti

A Polícia Rodoviária Federal registrou seis acidentes desde as primeiras horas da manhã desta madrugada desta sexta-feira (30), sendo dois deles com vítimas fatais. A maioria das ocorrências tem relação com as chuvas registradas na Grande João Pessoa.

O operário Romero da Silva Marcolino, de 25 anos, morreu na manhã desta sexta-feira (30) quando trafegava de bicicleta pelo km 78 da BR 101, saída para Natal, próximo a ponte do Rio Paraíba.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, o motorista do caminhão perdeu o controle do veículo, derrapou na pista molhada e acabou atingindo o ciclista, que teve morte imediata. A PRF esteve no local para investigar o que motivou o acidente. A identificação do motorista não foi divulgada, mas o caminhão permaneceu na rodovia até a chegada das autoridades.
Equipes da Gerência de Medicina e Odontologia Legal (Gemol) foram acionadas para remover o corpo.

Em Caaporã, no km122 da BR 101, sentido Recife, um acidente envolvendo dois veículos acabou na morte de um dos condutores.

Perto da UFPB, sentido Cabedelo, houve outro caso envolvendo motocicleta, sem gravidade. No km18 da BR 230, houve outros dois acidentes que também não tiveram gravidade, mas atrapalharam o trânsito do viaduto da Epitácio Pessoa, temporariamente, no sentido Cabedelo.

A PRF alerta para o risco de acidentes mais graves devido à aquaplanagem, que é o acúmulo de água que não deixa o condutor perceber desníveis nas rodovias.

A Aesa registrou chuvas intensas em todo o litoral paraibano nessa madrugada. A cidade com o maior índice pluviométrico foi João Pessoa, onde foram registrados 102,2 mm no período de nove horas. A média histórica do mês de agosto na Capital é de 139,4mm.

O fenômeno meteorológico foi provocado pelos ventos úmidos vindos do oceano Atlântico que se intensificaram durante a madrugada. “No período de uma hora tivemos 30mm de chuva, o que é algo muito significativo”, informou o gerente de Monitoramento e Hidrometria da Aesa, Lucílio Viera, lembrando que os 102,2mm foram contabilizados entre as 23h de quinta-feira e as 9h de hoje.

De acordo com a meteorologista Marle Bandeira, a tendência é que as chuvas diminuam gradualmente a partir do início da tarde de hoje. “O sistema que trouxe as precipitações mais fortes já enfraqueceu. Então a previsão é que continue chovendo, só que com uma intensidade bem menor do que a registrada na madrugada”, explicou.

Com as fortes chuvas da madrugada, o índice pluviométrico da capital paraibana já alcançou 228,8mm durante os últimos 30 dias, o que representa uma alta de 74,1% em relação à média história do mês de agosto em João Pessoa.

Outras cidades localizadas na região do Litoral também foram atingidas pelas intensas precipitações: Rio Tinto (85,6mm), Cabedelo (81,6mm) e Cruz do Espírito Santo (72,1). “Novamente as chuvas ficaram concentradas na costa, chegando a algumas cidades do Brejo e Agreste. Já no Cariri e Sertão, os índices pluviométricos continuam baixos, o que é comum nesta época do ano”, concluiu Marle.

A previsão do tempo para todo o Estado está disponível na internet, no site da Aesa, www.aesa.pb.gov.br, onde um boletim meteorológico é atualizado a cada 12 horas.

A Defesa Civil registrou apenas uma ocorrência na comunidade Santa Bárbara e, durante a manhã de sexta-feira, trabalhou auxiliando moradores de outras áreas de risco da Capital, como o bairro São José, Timbó e Saturnino de Brito.

A previsão do site ‘Clima Tempo’ é de mais chuvas com alto volume e forte intensidade ao logo do dia em boa parte da Paraíba.

 

portalcorreio

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627