boletim epidemiológico

Cerca de 74% dos casos graves de Covid-19 são acometidos por homens

Publicado em terça-feira, junho 2, 2020 ·

Cerca de 74% dos casos graves de Covid-19 foram acometidos em pacientes homens, na Paraíba, até o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde desta segunda-feira (1º). Os casos considerados graves são aqueles que requerem internação e os mais graves são situações em que os pacientes precisam de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e intubação.

Apenas 26% desses casos acometem mulheres. De acordo com o secretário executivo de saúde da Paraíba, Daniel Beltrammi, há algumas questões que podem explicar o fato de os homens serem mais atingidos em casos mais graves. Um deles é a obesidade. Conforme o secretário, há uma percepção de mais homens obesos do que mulheres nos casos em questão.

Além disso, ele destacou que nos pacientes mais graves, há o registro pelo menos uma ou duas comorbidades pré-existentes.

Segundo Beltrammi, os homens também são mais gravemente afetados porque “são, certamente, menos cuidadosos, se expõem mais aos riscos, não só pelo fato de muitos se negarem a usar máscaras, mas se negam também ao isolamento”, destacou. Além disso, esses pacientes estão mais expostos a riscos que diminuem a imunidade e podem agravar algum quadro, como o uso de cigarros e excesso de bebida alcoólica.

Conforme o boletim epidemiológico, o maior número de casos graves entre os homens está na faixa etária entre 60 e 69 anos. A única faixa etária em que o número de casos graves de mulheres ultrapassa expressivamente o número de casos graves em homens é entre 20 e 29 anos.

G1

 

Comentários

Tags : , , ,

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627