Ceni marca 100º oficial, São Paulo vence Bahia e finaliza jejum em casa

Publicado em sexta-feira, agosto 5, 2011 ·

spAdilson Batista conquistou sua primeira vitória no Morumbi na noite desta quinta-feira, quando o São Paulo superou o Bahia em partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clube tricolor venceu por 3 a 0, com gols de Dagoberto, Lucas e Rogério Ceni, que marcou seu centésimo gol em partidas oficiais e reconhecidos pela Fifa.

Este é o quarto jogo de Batista no comando do São Paulo – empatou na estreia com o Atlético-GO, venceu o Coritiba no Couto Pereira e sofreu derrota para o Vasco na última rodada. O triunfo deixa o time paulista com 28 pontos na tabela e o leva de volta à terceira colocação do torneio, três pontos atrás do líder Corinthians e dois do Flamengo.

O Bahia, que não perdia há três rodadas e vinha de vitória contra o Figueirense, permanece com 15 pontos, estacionado na 14ª colocação.

O São Paulo jogou com vários desfalques na defesa. Com Xandão contundido e Bruno Uvini defendendo a Seleção Brasileira Sub-20, o técnico Adilson Batista havia relacionado Luiz Eduardo para atuar ao lado de Rhodolfo. Contudo, o jovem zagueiro de 18 anos machucou a mão no treino de quarta-feira e ficou de fora. Com isso, o volante Rodrigo Caio, 17 anos, foi improvisado.

O Bahia tinha a ausência do meia Carlos Alberto, que se recupera de uma virose. Para abastecer Jóbson e Reinaldo no ataque, o clube nordestino contou com Lulinha.

Na próxima rodada, o São Paulo vai a Florianópolis neste domingo, onde enfrenta o Avaí, no Estádio da Ressacada, às 18h30. O Bahia recebe o Atlético-GO em casa, também no domingo às 18h30.

O Jogo

O São Paulo fez valer o mando de campo, a força da torcida e tomou a iniciativa logo no começo do jogo. A equipe paulista manteve maior posse de bola e criou boas chances. O Bahia se defendia bem e tentava explorar os contra-ataques.

Logo no terceiro minuto de jogo, Wellington dominou lançamento na área, mas desequilibrou ao tentar o chute. Aos 10min, Lucas acerta forte chute de fora da área, mas o goleiro Marcelo Lomba espalma.

No lance seguinte, Lucas lança Piris na ponta, que cruza rasteiro para dentro da área. Dagoberto bate de primeira, mas para fora.

O Bahia levou perigo à meta de Rogério Ceni pela primeira vez aos 23min. Jóbson dominou dentro da área e soltou uma bomba, que passpu perto do travessão

Aos 27min, Rogério Ceni cobra falta na entrada da área. A bola bate na mão de Fahel, que estava na barreira, e o árbitro assinala pênalti, convertido pelo próprio goleiro tricolor. Este é o 100º gol de Rogério em partidas oficiais, reconhecido pela Fifa.

O gol de Rogério fez o Bahia sair para o jogo, o que deu mais espaços para o São Paulo utilizar a velocidade de Lucas e Dagoberto. Aos 44min, Dagoberto rouba bola no meio campo, avança com velocidade e, da entrada da área, toca com classe para encobrir o goleiro Marcelo Lomba.

Na saída para o intervalo, o zagueiro improvisado Rodrigo Caio declarou ter sentido um estralo no joelho, mas disse ser guerreiro para continuar na partida. Logo no início do segundo tempo, o Bahia errou uma saída de bola e Lucas aproveitou. Ele arrancou com a bola dominada e finalizou com calma no canto direito do goleiro baiano para marcar o terceiro gol tricolor.

A expulsão do lateral direito Piris deu motivação extra ao Bahia – o paraguaio saiu de campo aplaudido pela torcida. Aos 15min, Lulinha cabeceia no canto esquerdo e Rogério Ceni se estica para fazer bela defesa.

O ritmo da partida diminui, com o São Paulo se precavendo com 10 jogadores em campo. Jóbson ainda leva perigo aos 24min com forte chute defendido pelo goleiro são paulino.

Jóbson e Lulinha tentam levar perigo, mas esbarram na marcação do São Paulo. Ilsinho e Cícero ainda tentam criar no final do jogo, sem sucesso.

Ficha Técnica

São Paulo x Bahia

Gols
São Paulo: Rogério Ceni, aos 28min do 1º tempo, Dagoberto, aos 44min do 1º tempo e Lucas, aos 5min do 2º tempo

São Paulo: Rogério Ceni; Iván Piris, Rodrigo Caio, Rhodolfo e Juan; Wellington, Denílson, Carlinhos Paraíba (Cícero) e Rivaldo (Ilsinho); Lucas e Dagoberto (Fernandinho). Técnico: Adilson Batista

Bahia: Marcelo Lomba; Marcos, Titi, Paulo Miranda e Ávine (Gabriel); Fabinho, Diones (Ricardinho), Fahel e Lulinha; Jóbson e Reinaldo (Júnior). Técnico: René Simões

Cartões amarelos
São Paulo: Iván Piris
Bahia: Fahel, Lulinha, Marcos e Paulo Miranda

Cartões vermelhos
São Paulo: Iván Piris

Árbitro
Márcio Chagas da Silva

Renda/público:
R$ 253.847,00/11.262 pagantes

Local
Estádio do Morumbi, em São Paulo

Terra

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627