CCJ aprova projeto de escola sustentável na Paraíba

Publicado em domingo, março 31, 2013 ·

escola-sustentavelA comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa da Paraíba (CCJ) aprovou projeto de lei de autoria do deputado estadual Frei Anastácio (PT),  que propõe a criação do programa estadual “Escola Sustentável” e do selo “Escola Verde” na rede de ensino do Estado.A matéria deve entrar em votação no plenário na próxima semana.

A propositura do deputado tem como finalidade possibilitar às escolas refletirem sobre os aspectos ambientais presentes em seu cotidiano, bem como sobre iniciativas capazes de constituir um espaço sustentável, para que os alunos possam disseminar essas práticas em seu cotidiano.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Para isso, as escolas devem promover ações com vistas ao consumo racional da água e energia elétrica;Incentivar a coleta seletiva de resíduos sólidos, objetivando a reciclagem de resíduos sólidos;promover oficinas de manipulação de materiais recicláveis”, disse o deputado.

O projeto prevê ainda a conscientização quanto à preservação das áreas verdes existentes nas escolas e em seu entorno;Incentivar o consumo de alimentos orgânicos.De acordo com o projeto, os educandários também irão orientar sobre a importância do cultivo de hortas e pomares,realizar palestras temáticas abertas a toda a comunidade, sempre atinentes à ecologia e à sustentabilidade.

O parlamentar  argumenta que a adoção de ações de sustentabilidade garante a médio e longo prazos, um planeta em boas condições para o desenvolvimento das diversas formas de vida, inclusive a humana. Garante, ainda, os recursos naturais necessários para as próximas gerações, possibilitando a manutenção desses recursos naturais (florestas, matas, rios, lagos, oceanos) e garantindo uma boa qualidade de vida para as futuras gerações.

“O fundamental é permitir que todos os envolvidos (diretores, coordenadores, professores, funcionários administrativos, alunos e pais) incorporem ao cotidiano, atitudes voltadas à preservação dos recursos naturais. Ser ecologicamente sustentável significa apostar em desenvolvimento e adotar medidas que não desrespeitem o planeta no presente e satisfaça as necessidades humanas sem comprometer o futuro da Terra e das próximas gerações”, disse o deputado.

O petista afirma que iniciativas da escola são fundamentais para promover a conscientização dos alunos, os futuros adultos que tomarão conta do planeta. A questão ambiental é um assunto cada vez mais em pauta na sociedade e pode estar integrada às práticas cotidianas de uma escola. Esse é o jeito mais eficaz de transmitir o aprendizado necessário sobre meio ambiente e sustentabilidade.

“Ressaltamos que este projeto não acarretará custos para o Estado, pois as escolas utilizarão orçamento próprio e promoverão parcerias com a comunidade e a iniciativa privada. Além disso, uma vez aprovado e implantado, propiciará imensuráveis benefícios não só para a escola, mas para toda população, razões pelas quais contamos com o apoio e o voto dos deputados e deputadas”, apelou Frei Anastácio.

 

 

Assessoria

Comentários

Tags : , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627