Catedral de Nossa Senhora da Luz é violada pela segunda vez e padre volta a cobrar providências das autoridades policiais

Publicado em quarta-feira, agosto 24, 2011 ·

Porta da catedralO padre Adauto Tavares Gomes teve uma notícia indigesta na manhã desta quarta-feira (24). A porta da frente da Catedral de Nossa Senhora da Luz, em Guarabira (PB), foi arrombada pela segunda vez em menos de dois meses. Suspeita-se que o fato tenha acontecido durante a madrugada. Os meliantes primeiro retiraram o forro da porta (veja na foto).

Adauto disse que foi informado do ocorrido pelo funcionário da paróquia, Alessandro. Aproximando-se do local, encontrou uma barra de ferro pelo lado de fora da Igreja. Ao entrar na Catedral, percebeu que os cadeados das duas caixas das ofertas estavam danificados e todo o dinheiro tinha sido furtado.

diocese de guarabiraO administrador paroquial não sabe informar quem teria cometido os crimes de violação e furto, mas recorda que ao sair de uma reunião, na noite da terça-feira (23), deparou-se com três indivíduos que aparentavam estarem drogados.

Certidão de ocorrência mostra que em 10 de julho último o padre Adauto compareceu à 1ª Delegacia Distrital de Guarabira para prestar queixa idêntica. Na ocasião, ele também deixou a autoridade policial ciente de que pessoas estavam pulando a grade de ferro e se abrigando debaixo da torre da Igreja.

Narrou, ainda, que, certa vez, quando ia para uma reunião, dois adolescentes lhe pediram dinheiro e como não foram atendidos passaram a insultá-lo com palavrões.

Documentos comprovam que, na época, além da Polícia Civil, o vigário recorreu igualmente ao comandante do 4º BPM, tenente coronel Ismar Mota Soares, solicitando que durante as noites uma viatura da RP (Rádio Patrulha) fizesse rondas nas proximidades para manter a segurança da Catedral e das pessoas.

Passado pouco mais de um mês, o religioso voltou à mesma Delegacia Distrital, nesta quarta (24), para prestar queixa e reivindicar ao superintendente regional da Polícia Civil, delegado Norival Gomes Portela Filho, que investigue o caso. Ao comandante do 4º BPM fez o pedido para que melhore a segurança na área, a fim de evitar que o mau feito volte a se repetir.

Redação/Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627