Campinense empata com Baraúnas em noite do goleiro Érico

Publicado em domingo, setembro 16, 2012 ·

O Campinense teve tudo para sair do Estádio Amigão, na noite deste sábado, pela partida de ida das quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série D, com a vitória e dar um passo a mais para ficar perto da Série C, mas numa noite feliz, o goleiro Érico salvou tudo e segurou o empate por 1 a 1, ajudando muito o Baraúnas.

Com isto, no jogo de volta, em Mossoró, uma simples vitória carimba o acesso dos potiguares, se houver empate sem gols, a vaga é do Baraúnas também. Agora, se o empate for por dois ou mais gols, a vaga é da Raposa, que também precisa vencer para avançar. O Campinense jogou desde os 20 minutos do primeiro tempo, com um homem a mais.

Muita emoção!
O Campinense começou o jogo no ataque, pressionando o Baraúnas de todos os lados, mas aos 12 minutos, quem saiu na frente foi o time potiguar. Após lançamento, a defesa do Campinense parou, Rafinha aproveitou a bobeira, invadiu a área e bateu na saída de Pantera, que nada pode fazer no lance.

A Raposa foi para cima e aos 20 minutos, o zagueiro Nildo, do Baraúnas, deu uma entrada dura em Potita e acabou sendo expulso, deixando o time com dez em campo. Dois minutos depois, os paraibanos empataram o jogo. Renatinho cobrou falta na área, Ben-Hur subiu mais que todo mundo e testou para o fundo das redes, deixando tudo igual.

Os torcedores, que marcaram presença em um bom número animaram e incentivaram o time na virada e aos 38, quase o gol saiu. Potita arriscou de fora da área, para uma linda defesa de Érico, que salvou os potiguares.

Faltou pouco…
O Campinense voltou num ritmo mais forte para o segundo tempo, queria de todo jeito no segundo tempo o gol da virada. Logo aos 13 minutos, Werley foi lançado, invadiu a área, mas na hora da batida, é travado pela defesa potiguar. Já aos 20, Ferreira cobrou falta e acertou a barreira do Baraúnas.

A pressão seguia, mas mesmo assim, o Campinense não conseguia balançar as redes. A cada minuto que passava, o nervosismo dos jogadores aumentava. O Baraúnas, bem fechado, estava feliz com o empate, assim segurou o jogo como pode e comemorou muito a vantagem conquistada, já que um empate sem gols, classifica o time para Série C.

Ficha técnica

Campinense 1 x 1 Baraúnas

Local: Estádio Amigão, em Campina Grande-PB
Árbitro: Cláudio Francisco Lima e Silva (SE)
Assistentes: Elan Vieira de Sousa (PE) e José Wanderley da Silva (PE)
Cartões amarelos: Fernandes (Campinense); Richardson, Érico (Baraúnas)
Cartão vermelho: Nildo (Baraúnas)
Gols: Rafinha, aos 12’/1T (Baraúnas); Ben-Hur, aos 22’/1T (Campinense)

Campinense-PB
Pantera; Ferreira (Eduardo Recife), Breno, Ben-Hur e Renatinho Carioca; Charles Wagner, Anderson Paulista (Nino Paraíba), Fernandes e Adriano Felício; Potita (Marquinhos Marabá) e Warley
Técnico: Freitas Nascimento

Baraúnas-RN
Érico; Índio, Nildo, Michel (Romeu) e Rafinha; Sorato, Richardson, Paulinho Mossoró (Rafael Matos) e Nininho; Gilmar (Alexandre) e Alvinho
Técnico: Wassil Mendes

Fonte: Futebol interior

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627