Câmara de Guarabira aprova aumento de salário para futuros mandatários: vereador vai ganhar R$ 8 mil; prefeito R$ 18 mil

Publicado em terça-feira, Maio 29, 2012 ·

“O projeto é constitucional, é legal, mas é imoral”, afirma Beto Meireles, único a votar contra

A Câmara Municipal de Guarabira aprovou na última quinta-feira (24) em primeiro turno um projeto de lei que reajusta os salários dos vereadores e do prefeito da cidade. A matéria é de autoria da Mesa Diretora da Casa e terá que passar por uma segunda votação nesta terça (29). Caso a aprovação se confirme, os parlamentares vão deixar de receber R$ 4,9 mil e passar a ganhar R$ 8 mil. Já o próximo gestor municipal terá um acréscimo de 50% nos seus proventos com o salário passando de R$ 12 mil para R$ 18 mil.
A matéria prevê o reajuste dos proventos do prefeito e dos vereadores para os próximos quatro anos. Na sessão do dia 24, dos 10 vereadores que compõem o Legislativo de Guarabira, nove estiveram presentes e apenas um votou contra. Beto Meireles (PDT), que integra o bloco de oposição, disse que considerou o percentual do aumento muito alto e por isso apresentou uma emenda para que o reajuste fosse feito com base no aumento do salário mínimo aplicado nos últimos quatro anos. “O projeto é constitucional, é legal, mas é imoral”, disse o vereador.
Beto informou que queria que sua emenda fosse apreciada junto ao projeto na votação em 1º turno ocorrida ontem, mas os vereadores decidiram colocá-la para apreciação no 2º turno. A nova votação deve ocorrer nesta terça-feira. Caso venha a ser aprovado o projeto, a atual prefeita de Guarabira, Fátima Paulino (PMDB), não vai se beneficiar com o aumento, pois está terminando seu segundo mandato em dezembro e não pode concorrer à reeleição.

Jhonathan Oliveira/ParaibaHoje
Focando a Notícia

Comentários

Tags : , , , , , , , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627