Bancários podem pagar R$ 10 mil de multa por dia se caixas não forem abastecidos

Publicado em terça-feira, setembro 30, 2014 ·

sindicato-dos-bancarios-pb-afirma-que-ataque-a-bancos-aumentaram-200-no-estado.jpg.280x200_q85_cropO Sindicato dos Bancários está sendo convocado pelo procurador do Trabalho Eduardo Varandas para uma reunião nesta quinta-feira (2), a fim de discutir sobre o cumprimento de acordo judicial, garantindo o abastecimento de caixas eletrônicos durante a greve dos bancários. A reunião será às 17 horas, na sede do MPT, em João Pessoa.


De acordo com o Ministério Público do Trabalho, o descumprimento do acordo judicial, que foi celebrado em janeiro de 2012, prevê multa diária de R$ 10 mil. O ajuste tem prazo de validade indeterminado.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
Pelo acordo, o Sindicato dos Bancários se compromete a não impedir o acesso aos caixas eletrônicos durante a greve, bem como o abastecimento desses equipamentos de auto-atendimento. A entidade também garante os percentuais legais de funcionários para a realização das atividades essenciais, como serviço de compensação.

Os bancários começaram a greve nesta terça-feira (30) em todo o Brasil. Na Paraíba, cerca de 4 mil profissionais cruzaram os braços, em aproximadamente 200 agências.

O Procon de João Pessoa também fez reuniões com a categoria para que sejam mantidos os serviços essenciais e os consumidores não enfrentem transtornos.

Conforme decisão do Juiz José Ferreira Ramos Júnior, da 10ª Vara Cível de João Pessoa, por meio de liminar, os bancos não podem cobrar multas nem penalizar consumidores que tiverem problemas de honrar compromissos durante a greve.

 

Portal Correio

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627