Todos os posts de Focando

Após decisão da Justiça, Comissão do concurso de Bayeux emite nota e anuncia novo cronograma

A Comissão Especial do Concurso Público da Prefeitura de Bayeux emitiu nota, no inicio da noite desta quinta-feira (23), e afirmou que divulgará em breve um novo cronograma aos inscritos no processo. O comunicado acontece após decisão da 4ª Vara Mista do município que determinou a suspensão, em decisão liminar, do certame com base de ação civil pública em que aponta suposta irregularidades no processo de licitação.

Nela, a Comissão apontou ainda surpresa com a decisão e esclareceu a todos os candidatos inscritos no certame, previsto para ocorrer nos dias 2 e 3 de outubro, que não haverá prejuízos e que a realização do concurso é prioridade para o Município de Bayeux.

Confira a integra da nota:

Mandetta critica Queiroga e diz que paraibano deixou de lado a ciência e se aliou a discurso político de Bolsonaro

‘Que ele seja mais Queiroga e menos Pazuello’. A declaração é do ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, ao criticar nesta quinta-feira (23), o atual ministro Marcelo Queiroga. Segundo Mandetta, o paraibano começou bem na condução da pasta, porém, ele deixou de lado a ciência e se alinhou ao discurso político do presidente Jair Bolsonaro ao defender a suspensão da imunização em adolescentes e apontar estudos para desobrigação do uso de máscaras, medida de prevenção à Covid-19.

“Eu acho que sim [estava indo bem]. Quando ele começou, inclusive desejei boa sorte, porque a nossa vontade é que quem está ali acerte, se ele faz isso, todo mundo ganha. É vai na vacina, garante imunização, ele começa nesse caminho. Mas imagino que ali dentro ele tem que fazer gestos para as burrices de Bolsonaro, aí começam os erros. Você não pode como ministro da Saúde falar que está pensando em acabar com as máscaras, nesse ponto ele erra profundamente. Ninguém gosta, mas tem de usar, porque é uma barreira”, disse.

“Vamos torcer e ver se ele consegue com dignidade médica, de quem fez um juramento de proteger a vida, não negociar valores éticos, profissionais e fazer o trabalho que tem que ser feito ali dentro e deixar a política de baixa qualidade nas mãos do presidente, além de controlar o próprio gênio. Não pode, numa manifestação qualquer, no cargo de ministro de estado perder a compostura e fazer gestos obscenos. Tem de ser duro, mas manter o comportamento. Eu torço por ele, porque se ele for bem, todos vão bem. Que ele seja mais Queiroga e menos Pazuello”, disparou Mandetta.

Prazos para pagamento e comprovação da isenção do IPVA de placa com final 9 vão até 30 de setembro

Os proprietários de veículos com final de placa 9, no Estado da Paraíba, que vão optar pelo pagamento em cota única do Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), com desconto de 10% à vista, têm prazo até o dia 30 de setembro. Essa é também a data limite para a entrega da comprovação dos documentos dos que solicitaram a isenção do tributo do IPVA da placa final 9, no ano passado. Nesse caso, precisarão fazer o envio da documentação, via e-mail, para o endereço gerencia.itcd.ipva@sefaz.pb.gov.br

Os contribuintes têm três opções de pagamento do tributo com placa final 9. A primeira é a cota única com desconto de 10% à vista; a segunda opção é o pagamento em três parcelas, mas sem desconto, sendo a primeira com vencimento até o dia 30 deste mês; e a terceira alternativa é pagar o total do valor do IPVA no dia 30 de novembro, também sem o desconto de 10%. O pagamento em dia evita acréscimos e multas. O parcelamento pode ser feito também no cartão de crédito.

Impressão dos boletos via Portais – Os boletos do IPVA/licenciamento deverão ser impressos por meio da internet. O boleto estará disponibilizado no portal da Sefaz www.sefaz.pb.gov.br, mas também do Detran-PB: http://www.detran.pb.gov.br O pagamento deve ser efetuado nas agências bancárias do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal ou no serviço de autoatendimento dos bancos; nas casas lotéricas; ou de forma mais prática no mobile banking – aplicativo disponível pelos bancos em aparelhos móveis como smartphones.

Pagamento por Ficha de Compensação – A Sefaz-PB ampliou os locais para pagamento do IPVA, caso o contribuinte escolha, no ato da impressão, a opção ‘Ficha de Compensação’. Com ela, o contribuinte poderá pagar o tributo em casas lotéricas, correspondentes bancários e em toda a rede bancária. Se a opção permanecer no Documento de Arrecadação (DAR), o pagamento fica restrito ao Banco do Brasil e à Caixa Econômica Federal.

Regras para Ficha de Compensação – O contribuinte precisa ficar atento também às regras da impressão para pagamento por Ficha de Compensação. A primeira delas é o tempo de espera para pagar. O boleto emitido por Ficha de Compensação necessita de até 60 minutos para ser registrado no sistema de pagamentos da rede bancária. Ou seja, se o pagamento for realizado na mesma data de impressão, em virtude das normas recentes da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), os contribuintes vão precisar esperar até 60 minutos antes de efetuar o pagamento diretamente na rede bancária ou nas lotéricas.

Comprovação da isenção da placa final 9 – As categorias como portadores de deficiência física, com base no novo decreto 40.959/2020 da Portaria n° 176/2020, além da visual, mental ou autista, taxistas, veículos cadastrados no Ministério do Turismo na qualidade de transporte turístico; motofretistas e de motoboys até 150 cilindradas, de placa final 9, que pediram, no ano passado, a isenção do IPVA, precisarão enviar a documentação via e-mail até o dia 30 de setembro para comprovar a isenção e gozar do benefício em 2021. Neste mesmo dia, essas categorias já podem requerer a isenção de 2022.

Para realizar a comprovação via e-mail, basta anexar os documentos solicitados, em formato de PDF, e enviar para o e-mail: gerencia.itcd.ipva@sefaz.pb.gov.br . Os documentos que precisam ser enviados em formato PDF são: documento do veículo; carteira de habilitação; comprovante de residência; e o laudo médico ou a autorização de compra do ICMS.

É importante lembrar que esses veículos isentos deverão pagar as demais taxas que envolvem o emplacamento, como seguro obrigatório (DPVat), licenciamento do Detran-PB e a Taxa de Bombeiro.

 

Assessoria

 

Dois trabalhadores são soterrados e morrem durante extração de caulim em Salgadinho, PB

Dois homens foram soterrados e mortos, na manhã desta quinta-feira (23), enquanto trabalhavam na extração de caulim na zona rural de Salgadinho, Cariri da Paraíba.

Segundo a Polícia Militar, os trabalhadores teriam sido soterrados após uma barreira de caulim desabar sobres eles.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, esse tipo de trabalho é perigoso porque os trabalhadores costumam fazer escavações com uma máquina, o que deixa as barreiras instáveis.

Depois, continuam a cavar de forma manual, com pás e picaretas. Esse movimento pode ter causado um impacto que provocou a queda da barreira, embora ainda não exista uma definição técnica do que tenha causado o acidente.

A Superintendência Regional do Trabalho na Paraíba informou ao g1 que foi emitida ordem de serviço para que Auditores Fiscais do Trabalho realizem a análise das causas e circunstâncias do acidente de trabalho. A equipe designada é ligada à Gerência de Campina Grande.

G1

 

Operação ‘Mata Atlântica em Pé’ identifica seis pontos de desmatamento na Paraíba

A Operação Mata Atlântica em Pé, deflagrada na última segunda-feira (20) e encerrada nessa quarta-feira (22), identificou uma área de 7,29 hectares de desmatamento nos municípios de João Pessoa, Alagoa Nova, Massaranduba e Areia.

Durante a operação foram apreendidos um galão de 20 litros de veneno e cinco pulverizadores, que eram utilizados para impedir a regeneração da vegetação remanescente. Também foram emitidos cinco autos de infração, nos termos dos artigos 51 e 64 do Decreto Federal n. 6.514/08, e uma notificação para apresentação e comprovação de licença.

O superintendente da Sudema, Marcelo Cavalcanti, lamentou a existência dos pontos de desmatamento irregular no estado. “Infelizmente, registramos esses pontos de desmatamento, o que é lamentável. Estaremos sempre atentos, junto com o Ministério Público e os demais órgãos de fiscalização e controle, para evitar cada vez mais esse tipo de ação”, disse.

A ação foi finalizada nessa quarta-feira (22) em João Pessoa, onde foi constatado um total de 2,5 hectares de área desmatada. Desde 2018, a operação é deflagrada sempre no mês de setembro a partir de uma força-tarefa nacional no combate ao desmatamento e a crimes ambientais.

 

portalcorreio

 

 

Jogos de Campinense e Botafogo-PB poderão ter público de até mil torcedores na Paraíba

As partidas de Campinense e Botafogo-PB pelas Séries D e C do Campeonato Brasileiro poderão receber público pagante de até mil torcedores. Foi o que ficou acordado durante reunião na tarde desta quinta-feira (23) entre a Secretaria de Saúde da Paraíba, Vigilância Sanitária e Ministério Público, além de representantes das equipes de futebol, como apurou o ClickPB.

Em entrevista ao ClickPB, o promotor Valberto Lira confirmou a informação e disse que, além da condição de distanciamento e adoção das medidas sanitárias, também será cobrada a “exigência das duas doses de vacinação ou o teste negativo de covid-19”. Ele também adiantou que “amanhã em Campina Grande haverá visita técnica já na perspectiva de que se houver a liberação, o estádio já estar com a marcação do distanciamento”.

O Campinense joga no próximo sábado (25) no Estádio Amigão, onde enfrenta o Guarany de Sobral pelas oitavas de final da Série D do Campeonato Brasileiro. A partida está marcada para as 15h.

Já o Botafogo-PB não tem, por enquanto, partidas marcadas na Paraíba. Para receber público pagante no Estádio, a equipe de João Pessoa teria que conseguir a classificação para a próxima fase da competição.

Impasse em Campina Grande

Apesar de o público pagante ter sido liberado para a partida do Campinense, o promotor Valberto Lira apontou um impasse. De acordo com o regulamento da CBF liberando a presença de público nos estádios, só poderão ser vendidos ingressos se tanto o jogo de ida quanto o de volta permitirem presença de torcida.

“Me chegou às mãos um ofício do presidente do Guarany dizendo à CBF que no jogo em Sobral, não haverá público”, revelou o promotor Valberto Lira. Ele disse que devido à restrição para público na partida em Sobral, ainda não sabe se a CBF irá permitir a presença de torcida em Campina Grande. “É algo que não adentramos”, completou.

Apesar de ainda não haver essa definição, a presença do público pagante já foi liberada. Agora, caberá à CBF definir os detalhes sobre a partida.

 

ClickPB

 

 

15 cachaças paraibanas são premiadas no Concurso de Vinhos e Destilados do Brasil; entre elas a Cobiçada de Serraria

Quinze cachaças paraibanas foram premiadas na 20ª Edição do Concurso de Vinhos e Destilados do Brasil – Premiação 2021. O concurso, que foi realizado entre os dias 30 de agosto e 1º de setembro, teve o resultado divulgado na última sexta-feira (17) por meio de uma live.

Entre as paraibanas premiadas estão: o Engenho São Paulo, em Cruz do Espírito Santo, que levou cinco prêmios com a cachaça São Paulo Cristal recebendo a medalha duplo ouro, a Cigana Heritage e Cigana Carvalho que receberam a medalha de ouro; Já a cachaça São Paulo Original e a Caipira foram medalha de prata. O Engenho Nobre, também em Cruz do Espírito Santo, levou a medalha de ouro com a cachaça Nobre Sensações Carvalho e a medalha de prata com a cachaça Nobre Sensações Umburana.

O Engenho Triunfo ganhou um total de três medalhas, sendo elas: medalha duplo ouro com a Triunfo Jaqueira, a medalha de ouro com a cachaça Triunfo Prata, e medalha de prata com a cachaça Triunfo Castanheira.

Já a cachaça Saqueira Prata Freijó, do município de Sousa, garantiu a medalha de duplo ouro. As cachaças Pai Vovô Amburana Prata, de Sousa; Cobiçada Premium, de Serraria; Baraúna Umburana, de Alhandra; e Turmalina da Serra, de Areia, garantiram a medalha de prata.

Cerca de 120 rótulos de vinhos e 300 de destilados participaram da disputa, que contou com degustações às cegas do júri formado de 16 pessoas, entre jornalistas e compradores de bebidas mundiais, garantindo isenção e divulgação das análises.

Para conferir o resultado completo do concurso é só acessar o site www. vinhosedestiladosdobrasil.com.br.

 

clickpb

 

Ponto de venda de drogas comandado por mulheres em Mamanguape é desmantelado pela PM

A Polícia Militar desarticulou um esquema do tráfico de drogas que teria no comando três mulheres, no bairro do Planalto, na cidade de Mamanguape, Litoral Norte da Paraíba. As suspeitas, de 46, 26 e 20 anos, foram presas em flagrante, na madrugada desta quinta-feira (23). Na casa que seria usada por elas para a venda de entorpecentes, a PM apreendeu maconha, balança de precisão e folhas de Cannabis (planta que dá origem à maconha).

A prisão foi realizada por equipes da Força Tática da 2ª Companhia Independente da PM (2ª CIPM), durante as atividades de reforço no bairro do Planalto. O esquema foi descoberto após os policiais flaglarem a atividade do tráfico acontecendo na frente da residência. Durante o cerco, as mulheres foram presas e o material apreendido.

O caso foi levado para a Delegacia de Polícia, em Mamanguape.

 

Assessoria

 

Moradores encontram jacaré na zona rural de Mulungu-PB e acionam Bombeiros

Moradores que residem no sítio Pedras, zona rural de Mulungu, tiveram um susto na manhã desta quinta-feira (23) ao se depararem com um jacaré em meio à vegetação.

Alguns curiosos se aproximaram e fizeram registro fotográfico do réptil, que parecia estar em busca de comida e de água, já que há muita secura nesse período e não tem reservatório de água nas proximidades.

Temendo ser atacados pelo jacaré, populares ligaram para o 3º Batalhão de Bombeiros Militar, sediado em Guarabira, a fim de que o animal possa ser resgatado e levado para um lugar seguro, habitat natural.

 

portal25horas

 

 

Botijão pode passar de R$ 100 com disparada do preço internacional do gás

A escalada da cotação internacional do propano, matéria-prima para o gás de cozinha, joga pressão sobre os preços do botijão, que já se aproximam dos R$ 100, em média, no país. Em alguns locais mais distantes, esse valor até já é praticado. Apesar desse aumento pesar no bolso do consumidor, o mercado vê grande defasagem dos preços internos e espera novo reajuste em breve.

Impulsionada pela demanda chinesa por matérias-primas petroquímicas, a cotação do propano na região do Golfo do México, nos Estados Unidos, subiu quase 15% em um mês. Em 2021, o valor do produto tem alta acumulada de 96%.

Os preços desse combustível costumam subir durante o inverno no hemisfério norte, quando a demanda por aquecimento cresce.

“Este ano, contudo, os preços subiram durante os meses de verão, quando os estoques normalmente são recompostos, devido à alta demanda internacional e à menor oferta global”, diz o Departamento de Energia dos Estados Unidos.

O movimento, diz a agência de informações do departamento, é global. O desequilíbrio entre a crescente demanda e a reduzida produção, afirma, levou os preços na Ásia e na Europa a mais do que dobrarem no período de um ano.

Assim, a tendência é que as elevadas cotações se mantenham pelos próximos meses, com possíveis impactos para o consumidor brasileiro, que já vem sofrendo com a escalada interna em meio ao um cenário de elevado desemprego.

A Petrobras não reajusta o preço do gás de cozinha desde o início de julho, quando promoveu aumento de 6%, e vem operando abaixo da paridade de importação calculada pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis) há três semanas consecutivas.

Na semana passada, seu preço de venda em Santos, um dos dois pontos de importação do produto no país, estava 7% abaixo do valor considerado adequado pelo órgão regulador. Empresas do setor, porém, falam que a diferença é ainda maior, considerando que a estatal tem ganhos de eficiência nas importações.

A Petrobras vem repetindo que mantém a política de alinhamento às cotações internacionais, mas “busca evitar o repasse imediato para os preços internos da volatilidade externa causada por eventos conjunturais”.

A estatal alega também que o conceito de paridade de importação varia de acordo com a estrutura e a eficiência comercial de uma empresa. Durante parte do ano, segundo os dados da ANP, a Petrobras praticou preços do gás acima da paridade de importação.

Na semana passada, a companhia foi alvo de críticas do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, e do presidente da Câmara, Arthur Lira (DEM-AL) por mexer nos preços com muita frequência. Lira chegou a sugerir que a empresa deveria “dividir com o povo brasileiro o pouco da riqueza”.

Embora a Petrobras não tenha mexido no preço do gás de cozinha desde julho, o produto continua em alta na revenda. Na semana passada, o botijão bateu R$ 98,33, alta de 1,5% em relação ao praticado na semana anterior e de 5% em um mês.

Apenas em 2021, o o preço médio do botijão de 13 quilos subiu 30%. No ano, a Petrobras aumentou seu preço de refinaria em 38%, acompanhando a recuperação do petróleo e a desvalorização cambial.

O cenário vem levando famílias de baixa renda a optar por lenha ou carvão para cozinhar, o que gerou no Congresso um esforço para aprovar um subsídio para a compra do combustível.

Na semana passada, o deputado federal Christino Áureo (PP-RJ) concluiu relatório sobre projeto de lei que cria o programa Gás Social, que garantiria metade do valor do botijão a inscritos nos programas sociais do governo com recursos dos royalties do petróleo e da Cide (contribuição cobrada sobre a venda de combustíveis).

 

FOLHAPRESS