Atriz Letícia Sabatella pede que Facebook retire do ar vídeo sugerindo que ela votaria em Aécio Neves

Publicado em quarta-feira, outubro 22, 2014 ·

leticiaA atriz Letícia Sabatella pediu ao Facebook a retirada de um vídeo sugerindo que ela votaria no candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves. Segundo ela, foram utilizadas, sem autorização, imagens de vários atores gravadas originalmente para o Movimento Gota D’Água, contra a construção da Usina de Belo Monte, no Pará. Num desabafo publicado por Letícia na rede social, ela ressalta não votar no tucano.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Acabo de assistir, com muita indignação, um vídeo de propaganda política pró-candidato Aécio Neves, utilizando imagens de vários atores que haviam sido feitas pra campanha do Gota D’Água, contra a realização da Usina de Belo Monte, em defesa das populações e das áreas atingidas naquela região. Eu quero deixar bem claro que isto é um roubo, um desrespeito. Eu não vou votar em Aécio Neves! Nenhum daqueles atores deu sua autorização para constar suas imagens e depoimentos, descontextualizados, naquele vídeo de propaganda pró-PSDB! Trata-se de uma enorme mentira”, escreveu a atriz em seu perfil no Facebook.

Em outro post, também de ontem, a atriz reproduziu a solicitação de retirada do vídeo feita por seu advogado. O texto diz que a publicação “incorre em ilícito quanto ao direito a imagem e à honra” de Letícia Sabatella, por ter sido usada sem autorização, associando a atriz “de maneira abusiva, ilegal e criminosa à campanha” do tucano. Além disso, pede que sejam tomadas medidas para identificar o autor do vídeo. Na mesma postagem, no entanto, a atriz diz acreditar que a montagem não tenha sido produzida diretamente pelo comitê do tucano.

– Num primeiro momento, até parecia ser uma campanha oficial. Era um vídeo grande, com imagens do marketing do candidato. Mas não poderia ser, porque seria ilegal. De qualquer maneira, foi muito ofensivo. Nesta campanha polarizada, tenho tomado cuidado. Sempre defendi que as pessoas votem com sua consciência e discernimento. Mas este vídeo foi um excesso, como se fosse um roubo de opinião, que me obrigou a declarar o meu não voto. Por meu ideal utópico, eu não me associaria a um projeto que tivesse o Aécio como candidato. Foi preciso esclarecer isso – disse nesta quarta-feira a atriz, engajada em causas como a defesa do meio ambiente e da reforma política.

CAMPANHA DIZ NÃO TER RELAÇÃO COM O VÍDEO

Por meio de nota, a coligação de Aécio afirmou que a utilização de vídeo “não foi feita, autorizada ou incentivada pela campanha do candidato”.

“A coligação defende e incentiva seus apoiadores a promover uma disputa eleitoral limpa, baseada na verdade e no respeito às opiniões contrárias, seja nas redes sociais ou fora delas”, dizia a nota.

Na tarde desta quarta-feira, o link original com o vídeo já tinha sido retirado do ar. Advogado da atriz, Lourinelson Vladmir, no entanto, disse que ainda não tinha recebido uma notificação oficial do Facebook.

— Não dá para dizer que seja ação da campanha oficial. Esses vídeos podem ser manipulados por qualquer pessoa. É precipitado e até ilícito dizer que seja da campanha do Aécio. Claro que provavelmente foi feito por pessoas que votam no candidato, para criar um fato midiático. Em relação à pessoa que fez essa montagem, é possível um ajuizamento de ações, principalmente se o vídeo não for retirado do ar e se transforme num viral. O voto é de foro íntimo — afirmou Lourinelson.

NATHALIA DILL POSTA MENSAGEM NO INSTAGRAM

Nathalia Dill também desmentiu participação em vídeo de apoio ao candidato Aécio Neves – Reprodução/Instagram

Outra atriz que também reclamou pelas redes sociais sobre a utilização de sua imagem foi Nathalia Dill. No Instagram, ela disse estar “muito indignada”:

“Há alguns anos atrás fiz um vídeo junto com outros artistas para uma campanha contra a construção da Usina de Belo Monte. E agora vejo o vídeo sendo usado para a campanha política de Aécio Neves. Nenhuma autorização foi pedida. Isto é fraude política. Meu voto não vai para Aécio Neves”.

No vídeo do Gota D’Água, de novembro de 2011, além de Letícia Sabatella e Nathalia Dill, participaram outros 17 atores, entre eles Bruno Mazzeo, Dira Paes, Juliana Paes, Murilo Benício e Maitê Proença. O ator Ary Fontoura, por exemplo, chega a se dirigir à presidente Dilma Rousseff (PT), atualmente candidata à reeleição.

Também no Facebook, o o Gota D’Água afirma não se envolver com politica partidária e que não autoriza que nenhuma campanha utilize seus filmes ou parte deles para fins eleitoreiros.

“A campanha É A Gota D´Água + 10 foi lançada em 15 de novembro de 2011 para questionar a construção de Belo Monte e apenas se dirigiu à presidente Dilma por ser ela a autoridade máxima da nação”, diz o texto.

Na semana passada, Wagner Moura, que está em gravações na Colômbia, já tinha desmentido um texto atribuído a ele que sugeriria voto em Aécio Neves.

O Globo

Comentários

Tags : , , , , , ,

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627