Atlético-MG bate Cruzeiro e reverte vantagem em decisão

Publicado em domingo, Maio 8, 2011 ·

at-mgO Atlético-MG largou na frente na decisão do Campeonato Mineiro e se aproximou do título da competição. Na primeira partida da final, que aconteceu neste domingo na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, a equipe derrotou o rival Cruzeiro por 2 a 1.

Mancini abriu o marcador para o time mineiro aos 7min do primeiro tempo. Aos 25min, o atacante Wallyson igualou a partida. Mas aos 36min, ainda da primeira etapa, o lateral Patric colocou números finais na partida.

Com o resultado, o Atlético joga por um empate na segunda decisão do Mineiro que acontecerá no próximo domingo, novamente em Sete Lagoas. Como as duas equipes já foram eliminadas da Copa do Brasil e da Copa Libertadores, o estadual é a última chance de título para ambos.

O jogo

Com a decisão de ter torcida única nos clássicos que serão disputados em Sete Lagoas, o Atlético se aproveitou da animação do público presente na Arena Jacaré e partiu para cima no começo da partida. Logo no primeiro minutos, Magno Alves recebeu lançamento nas costas do zagueiro e quando ia dominar, o goleiro Fábio saiu bem e dividiu com o atacante atleticano.

Com o adversário cauteloso depois da traumática eliminação na Copa Libertadores na última quarta-feira para o Once Caldas, o Atlético começou melhor a partida e abriu o marcador aos 4mim. Mancini recebeu trave no lado esquerdo da área. Sem ângulo, o próprio jogador cobrou direto. O goleiro Fábio apenas observou a bola entrar direto para o gol.

Com a vantagem no marcador, o Atlético recuou e permitiu que o Cruzeiro crescesse na partida. Aos 10min, Gilberto pegou o rebote de Réver e finalizou de primeira. O goleiro Renan Ribeiro pulou no canto e faz grande defesa. No minuto seguinte, Montillo passou por dois jogadores e chutou da entrada da área. Mais uma vez o arqueiro atleticano apareceu bem e defendeu o arremate do rival.

Após alguns minutos se defendendo, o Atlético voltou a chegar no ataque aos 13min. De costas, Magno Alves recebeu passe na entrada da área. O jogador segurou a bola e ajeitou para a finalização de Mancini. O goleiro Fábio defendeu bem o chute do adversário de fora da área.

Sempre com Montillo, o Cruzeiro manteve a posse de bola, mas quando finalizava, não ameaçava o gol de Renan Ribeiro, como o chute do próprio argentino aos 25min, que saiu por cima do gol. Mas no minuto seguinte, o camisa 10 cruzeirense fez grande jogada e armou o gol de empate da equipe. Montillo carregou a bola do lado esquerdo para o centro e carregou a marcação. O meia achou na Wallyson livre no lado direito da entrada da área e finalizou cruzado para igualar o placar na Arena do Jacaré.

Depois de sofrer o gol, o Atlético voltou a atacar, principalmente pelo lado direito do ataque. Aos 29min, Patric recebeu bom passe na linha de fundo e tocou para o meio da área, mas nenhum jogador apareceu para completar para o fundo das redes.

Depois de tanto ameaçar pelo setor do campo, o Atlético-MG voltou a liderar o marcador com um gol do lateral direito Patric, aos 36min. Em jogada rápida pelo meio, Giovanni Augustou recebeu na entrada da área e tocou na direito para o ala, que finalizou cruzado e rasteiro para o fundo das redes, sem chances de defesa para o goleiro Fábio.

A equipe atleticana continuou melhor em campo e desperdiçou ainda mais duas oportunidades. Primeiro com Mancini, aos 39min, que se chocou com Fábio no momento em que se preparava para finalizar. Quatro minutos depois, o goleiro cruzeirense voltou a sair bem e parou ataque de Magno Alves.

Para a etapa final, o técnico Cuca decidiu alterar a equipe, sacando o lateral direito e colocando o volante Leandro Guerreiro para jogar no setor. A alteração não mudou o estilo de jogo do Atlético, que continuou atacando pelo lado direito do ataque. Aos 7min, Patric tirou dois zagueiros com um belo drible seco e finalizou. A bola passou rente ao poste esquerdo do gol defendido por Fábio.

A equipe atleticana voltou a atacar no minuto seguinte. Autor do primeiro gol da partida, o meia-atacante Mancini chutou colocado da entrada da área. Porém, o goleiro Fábio estava mais uma vez bem colocado e segurou o chute com tranquilidade.

Aos 14min, o Cruzeiro levou um susto. Gilberto se chocou com Leonardo Silva e precisou ser atendido. Para sorte do técnico Cuca, o jogador se recuperou e voltou para a partida. Três minutos depois, o técnico Dorival Júnior alterou a equipe ao colocar Neto Berola na vaga de Magno Alves, para dar mais velocidade nos contra-ataques atleticanos.

Com o passar dos minutos, a partida ficou truncada e as jogadores passaram a se estranhar em campo. A melhor chance de gol aconteceu aos 35min. Montillo fez jogada na esquerda e a bola sobrou para Gilberto, que chutou no canto e acertou a trave.

Ainda no final da partida, o meia argentino Montillo cometeu falta em Giovanni e recebeu o cartão vermelho do árbitro Paulo César de Oliveira. O Atlético segurou o resultado e sai em vantagem na decisão.

Terra

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627